Teresa Marques uma das caras do Surf no Sporting Teresa Marques uma das caras do Surf no Sporting

Itens relacionados

quinta, 14 março 2019 08:50

SPORTING CLUBE DE PORTUGAL RESPONDE - CLUBES DE FUTEBOL NO SURF?

"Ao nível de atuação será de esperar a aposta numa base de formação sólida e a construção de um panorama forte de competição"...

A recente entrada do Sporting Clube de Portugal e do Estoril Praia no seio do Surf têm gerado uma certa controvérsia no seio da comunidade.

O Surf tem-se vindo a afirmar de uma forma sólida na sociedade Portuguesa como uma atividade/modo de vida e desporto. De cerca 10,000 praticantes nos anos noventa a quase 700,000 na atualidade (segundo o ultimo estudo efetuado em Portugal), o surf massificou e tornou-se como um nicho de maior interesse para alguns dos grandes players económicos.

A entrada dos Clubes de Futebol no Surf em Portugal já não é novidade. Após a tentativa ténue do S.L.Benfica há cerca de uma década atrás eis que agora, quando o Surf se encontra a caminho das olimpíadas em 2020 (Toquio), entram com uma outra atitude o Sporting e o Estoril Praia. Ambos os Clubes estão inscritos na Federação Portuguesa de Surf e já contam com duas contratações de peso no Surf nacional, Teresa Bonvalot representa neste momento o Sporting Clube de Portugal e Miguel Blanco o Estoril Praia.

Há aqui diversas questões que se colocam, nomeadamente qual o verdadeiro interesse destes players no Surf? Será que vêm apenas para procurar protagonismo numa modalidade que agora tem números interessantes? Será que o ensino do Surf enquanto negócio é uma mais valia para estes novos players? será que vêm organizar eventos megalómanos de surf? ou será que a sua aparição vai ser tão rápida quanto o seu desaparecimento assim que perceberem que o estilo de vida surf é de dificil "match" com o Futebol? 

Certo é, nesta nova realidade, que estes clubes se encontram a contratar quadros experientes do surf nacional que os irão ajudar construir a sua entrada o mais forte e direcionada possível no Mundo do Surf.

A Surftotal falou com diversas personalidades que lideram alguns dos principais Clubes de Surf em Portugal, clubes estes que têm vindo a dar um forte contributo na construção das bases do Surf Português.

 

* A Surftotal foi também tentar perceber a razão ou razões pelas quais vemos um Clube como o Sporting tem interesse e como pretende atuar no mundo do surf - Entrevista com Teresa Marques uma das atuais responsáveis pela dinamização do Surf no Sporting

 

Entrevista integral de  - Teresa Marques - Sporting Clube de Portugal:

 

Qual o principal objetivo e ou objetivos de um clube como o Sporting Clube de Portugal entrar no mundo do surf?
Como clube desportivo e eclético que é, o Sporting CP acompanha a evolução do desporto, tendo por missão contribuir para o seu desenvolvimento. Abraçando o projeto de surf no clube, o Sporting CP tem como principais objetivos: (1) contribuir para a promoção da prática desportiva nos diferentes escalões etários; (2) apostar na qualidade da formação dos seus atletas; (3) contribuir para o desenvolvimento e afirmação de talentos nacionais; (4) contribuir para o crescimento da modalidade em Portugal e (5) promover os valores do clube junto dos seus atletas: Ética, Responsabilidade, Exigência, Superação e Solidariedade. O surf é uma realidade nacional e, por isso, deve ser uma realidade no Sporting Clube de Portugal.
 
 
Podemos contar com o Sporting na base da pirâmide do surf nacional? tal como os clubes de surf tradicionais?
É nesse sentido que queremos trabalhar e crescer.

*A recente associação a escolas de surf, tal como a Carcavelos Surf School permite aos "sportinguistas" ter aulas de surf qualificadas.

 

"O surf é uma realidade nacional e, por isso,

deve ser uma realidade no Sporting Clube de Portugal."


 
 
Qual a diferença(s) de atuação do SCP comparando com os Clubes tradicionais?
Não vejo que tenhamos de atuar de maneira diferente. É certo que são estruturas diferentes e a projeção poderá ser maior, mas ao nível de atuação será de esperar a aposta numa base de formação sólida e a construção de um panorama forte de competição, promovendo os valores do clube e do surf.
 
 
Quais poderão ser as mais valias do S.C. Portugal para o Surf Nacional?
Dada a dimensão de um clube como o Sporting CP, o surf pode ganhar maior exposição nacional e internacional, o que pode ser muito bom para a afirmação e para o desenvolvimento da modalidade em Portugal. Para além disso, uma estrutura forte e experiente poderá contribuir para a melhoria das condições dos atletas portugueses. Na linha de pensamento do nosso fundador: Queremos (e devemos, nós portugueses), ser tão grandes como os maiores da Europa, do Brasil, da Austrália, do Havai, dos EUA, do Japão… E conseguimos, trabalhando juntos. Acredito na criação de sinergias, dentro de um fair play digno, em que os “despiques” existem de forma saudável e construtiva. Temos consciência do excelente trabalho que se tem feito e que, certamente, se continuará a fazer em Portugal.
 
 
Sendo Portugal um país com fortes tradições e também rivalidades futebolísticas, fará sentido imaginar um cenário futuro com os grandes clubes de futebol portugueses disputarem eventos de surf em que o melhor ganhará?
Não acredito que a rivalidade que se sente em modalidades como o futebol se espelhe na mesma dimensão em praia. São modalidades muito diferentes e muito próprias. A maior parte dos surfistas nem liga ao futebol. Obviamente que, como qualquer outro clube, queremos que os nossos atletas ganhem e vamos apoiá-los nas suas participações, mas também sabemos reconhecer o mérito e a qualidade de todos os atletas em competição, seja qual for o seu clube.

"O Sporting CP está federado na Federação Portuguesa de Surf,

tal como os restantes clubes tradicionais de surf."


 
 
Em relação à presença de um clube de futebol como o Sporting no surf, este é um exemplo apenas Português ou podemos também encontrar a nível internacional outros clubes de futebol a entrar no meio do surf?
Não faz sentido falar em “clube de futebol”. O Sporting CP é um clube desportivo, em que o futebol é a modalidade com maior mediatismo. Apenas isso. Para os que não nos conhecem tão bem para além das 4 linhas do campo de futebol, o Sporting CP orgulha-se e estima muito cada uma das suas modalidades, que são 54. É este o nosso ADN. Somos muito mais do que um clube com futebol. Não é nada estranho ver o Pavilhão João Rocha cheio com adeptos a apoiarem e assistirem ao jogo de Andebol, Futsal, Hóquei ou Voleibol, por exemplo. Orgulhamo-nos da nossa História, seja pelos títulos conquistados ao longo do tempo, seja pelo contributo que temos dado no desenvolvimento do desporto em Portugal. É como clube desportivo que faz sentido falarmos e é assim que faz sentido estarmos presentes também no surf.
 
O Sporting Clube de Portugal estará Federado como um clube tradicional na Federação Portuguesa de Surf?
O Sporting CP está federado na Federação Portuguesa de Surf, tal como os restantes clubes tradicionais de surf.
 
Alguma mensagem a deixar?
Boas ondas e Saudações Desportivas!!
 
 

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top