ActivoBank

Itens relacionados

quinta, 21 agosto 2014 11:33

VETEA “POTO” DAVID: UM ÍCONE DO TAHITI

Power surfer pioneiro do surf taitiano.

 

Numa altura em que decorre a mítica prova de Teahupoo, recordamos-te o percurso de uma lenda local, Vetea David, o primeiro surfista profissional de sempre, oriundo do Tahiti.


Vetea nasceu em 1968 em Papeete, Tahiti. Começou a surfar aos 10, e anos mais tarde venceu quase todas as provas em que competiu em meados dos anos 80, incluindo o campeonato de juniores de França e os European Championships de 1985. No ano seguinte derrotou Kelly Slater nos World Amateur Surfing Championships em Inglaterra, até chegar à vitória final. Foi o primeiro taitiano a vencer um título mundial em qualquer desporto.

 

Vetea chegou ao Tour profissional em 1989, tornando-se o primeiro surfista profissional do Tahiti. Foi finalista vencido do Pipeline Masters e acabou o ano em 22º lugar - o que lhe valeu o epíteto de “um dos melhores surfistas jovens do mundo”, na época. Com um estilo muito próprio, joelhos bem afastados, peito para fora e a cabeça bem elevada, Vetea tinha um surf carregado de power.



O seu melhor resultado no Tour aconteceu no início dos anos 90, altura em que terminou em 19º (1990), 17º (1992 e 1993). Venceu uma prova realizada em Pipeline (1992), fora do Tour, onde bateu Derek Ho e Johnny-Boy Gomes na final. Em 1994 perdeu a final do Pipeline Masters para Kelly Slater, tendo ainda competido num evento de ondas grandes da Quiksilver em Waimea, no ano de 1995.

 

Vetea retirou-se do tour em 1997, mas continuou a participar ocasionalmente em algumas provas internacionais, onde teve uma passagem por por Portugal, onde venceu os ISA Big Wave World Championships, na Madeira.


A marca de Vetea para o surf do seu país deve-se também ao facto de ter ajudado a introduzir ali o tow-in e mais tarde o SUP. David entrou em mais de 20 filmes de surf, e carregou a alcunha de “Poto”, calão para “jovem surfista”, ou “grom”.

 


Perfil em destaque

Scroll To Top