Tom Curren em 2014 durante um evento da Heritage Series. - WSL / Kelly Cestari   Tom Curren em 2014 durante um evento da Heritage Series. - WSL / Kelly Cestari
domingo, 22 novembro 2020 19:37

“The bottom turn is where it all begins” - É no Bottom turn onde tudo começa

No bottom vemos o expoente máximo do estilo dum surfista,...

 

Não há curva mais nobre para desenhar no surf do que o Bottom é onde tudo começa e nada influencia tanto uma onda bem surfada como um bottom bem feito !

 

 

 

"Diz-me como fazes o bottom e dir-te-ei quem és..."

 

 

 

Tom Curren em 2014 durante o J-Bay Open Heritage Series. - WSL / Kelly Cestari

 

 

O bottom é a nossa introdução é a nossa apresentação, a psicologia comercial explica de forma simplista que os segundos iniciais são cruciais na empatia entre duas pessoas, no surf essa empatia é gerada através do bottom, diz-me como fazes o bottom e dir-te-ei quem és.

No bottom vemos o expoente máximo do estilo dum surfista, a forma como se agacha sem perder a postura do corpo e dos ombros a posição de braços a inclinação das mãos, a calma e interpretação de olhos.

É a arte da transição de velocidades sem perda de energia, é puxar pelo gatilho no momento certo.

 

 

 

 

"As três quilhas vieram revolucionar não só o surf no seu todo

 

mas o bottom em particular,..."

 

 

 

 

Manobrar sem fazer bottoms havendo espaço para o fazer é uma amputação do próprio surf é fragmentá-lo e retirá-lo dum contexto e duma história.

As três quilhas vieram revolucionar não só o surf no seu todo mas o bottom em particular, passou a ser possível fazer um bottom sem chegar à base da onda, podemos também optar por fazer um ângulo recto sem curva para projetar uma manobra na vertical.

A single-fin por sua vez tem essa essência peculiar de nos obrigar a descer ao ponto mais baixo da onda antes de curvarmos, surfistas como Gerry Lopez ou Rory Russel que usaram e abusaram duma quilha só são os artistas por excelência dessa transição suave e intensa chamada bottom-turn.

 

 

 

 

"A single-fin por sua vez tem essa essência peculiar

 

de nos obrigar a descer ao ponto mais baixo da onda

 

antes de curvarmos,..."

 

 

 

 

 

Quando recordo alguns surfistas é no bottom muitas vezes que os imagino relembro Tom Curren, Rob Machado, Griifin Colapinto, Shane Dorian, Luke Egan, Occy, Andy irons e mais por cá Tiago Oliveira ou o Tiago Pires.

Não há curva mais nobre para desenhar no surf do que o Bottom é onde tudo começa e nada influencia tanto uma onda bem surfada como um bottom bem feito, assim recorda sabiamente um dos génios dessa arte de curvar Tom Curren “The bottom turn is where it all begins”

 

 

 

Texto: Bernardo “Giló” Seabra 

 

 

 

 


Itens relacionados

Perfil em destaque

Scroll To Top