sábado, 04 dezembro 2021 22:02

Terminou o sonho de Vasco Ribeiro na qualificação para o CT 2022

Surfista Português perdeu nos 1/8 de final num mar grande e tempestuoso...

 

Ondas muito grandes, com mais de 3 metros de altura, uma corrente fortíssima, a ondulação a crescer e eliminatórias de 30 minutos. Haleiwa situada no North Shore de Oahu, trazia um cenário de espectáculo para quem assistia aos oitavos de final da ultima etapa do Circuito Challenger da WSL.

Apesar das ondas estarem bastante grandes e consistentes, as condições eram bastante desafiantes para todos os surfistas. Contudo aqui iam sobressaindo aqueles que de uma forma ou outra nos habituaram à espectacularidade das suas prestações em eventos anteriores. Alguns surfistas Hawaianos estavam em vantagem e por isso atletas como Ezekiel Law e John John Florence faziam algumas das melhores prestações do dia.

 

O Australiano Liam O'Brien garantiu hoje, após a passagem aos 1/4 de final uma vaga no CT 2022. Click por WSL/Heff

 

Mas vamos a Vasco Ribeiro, o atleta Português, que até esta altura lutava por uma vaga no CT 2022,  entrou na ultima bateria dos oitavos de final, com três surfistas que já se encontram no CT 2022. Eram eles o Brasileiro David Silva(15º do Mundo), Kanoa Igarashi(8º do Mundo) e o Australiano Connor O'Leary que já se tinha requalificado para o CT 2022. Ou seja a pressão incidia toda sobre o atleta Português Vasco Ribeiro. 

Apesar deste cenário Vasco apresentou-se no heat com uma atitude forte e positiva, tendo inclusive liderado a eliminatória durante o seu inicio. Vasco escolheu duas ondas do set, embora estas não tivessem sido as com maior potencial, mas onde Vasco aplicou manobras de rail apresentando um surf adequado e com todo o potêncial para passar à fase seguinte. Contudo Kanoa Igarashi e Connor já no ultimo terço da bateria apanhavam ondas do set com bastante potêncial e faziam notas próximas da excelência, distanciando-se de Vasco e também de David Silva, este ultimo algo discreto nesta eliminatória. Para além disso e a 5 minutos do final, Vasco Ribeiro ficou retido bastante tempo a passar a rebentação tendo perdido alguns minutos preciosos, e ondas que apareciam no outside.

Em cima do final da bateria e tal como se vê na foto abaixo, Nuno Telmo avisa da parte de cima do palanque, Vasco Ribeiro na aproximação de uma série de ondas, tendo Vasco conseguido apanhar uma delas e fazer duas manobras fortes, numa onda com pouco potencial e que acabou por não ser suficiente para passar aos 1/4 de final.

Foi um final de ano bastante desolador para o atleta Luso que tinha todo o potêncial para ingressar na elite do Surf Mundial, onde se encontra o também Português Frederico Morais. 

Vasco Ribeiro não baixará com certeza os braços e continuará, este próximo ano, a lutar por uma vaga no CT 2023 !

 

em atualização..

 

 

 Nuno Telmo viajou com Vasco Ribeiro para o North Shore Hawaiano por forma a ajudá-lo no seu grande objectivo competitivo, o Championship Tour da World Surf league.

 

Resultado do Heat 8 dos 1/8 de Final

 

Scroll To Top