banner topf
Jeremy Flores      Foto: WSL / Van Kirk Jeremy Flores Foto: WSL / Van Kirk

Itens relacionados

sexta, 20 setembro 2019 16:35

JEREMY FLORES DIZ QUE FRESHWATER PRO É DIFÍCIL DE LEVAR A SÉRIO

E não devia fazer parte do Tour...

Nenhuma etapa no Championship Tour é tão controversa quanto o Feshwater Pro, a única realizada numa onda artificial.

Atualmente com onze etapas no circuito masculino (o circuito feminino tem menos uma), dez são realizadas no mar e apenas uma em ondas artificiais o que causa discórdia nas opiniões, inclusive entre os surfistas do tour.

Ontem, no primeiro dia de provas do evento, o surfista francês Jeremy Flores referiu-se ao mesmo como “um evento difícil de levar a sério”, durante uma entrevista após ter surfado as suas primeiras ondas.

Para Jeremy, a etapa do Surf Ranch não faz sentido no tour por ser tão diferente de todas as outras que os surfistas competem ao longo da temporada.

Para muitos, a falta do factor imprevisibilidade, ao contrário do que acontece no mar, torna o evento chato de assistir, uma vez que a onda é sempre igual, mas é aqui que as opiniões se dividem pois para muitos ela permite mostrar os surfistas que mais se destacam entre a elite mundial.

A realidade é que o evento irá sempre dividir opiniões, mas para já o Freshwater Pro parece ter vindo para ficar estando até dia 21 de Setembro a testar os melhor surfistas do mundo na onda do Surf Ranch em Lemoore, Califórnia.


Perfil em destaque

Scroll To Top