ActivoBank
quarta, 24 julho 2019 15:03

INVESTIGAÇÃO SURFTOTAL – QUAL A PRANCHA QUE MEDINA USOU NA FINAL EM JEFFREYS BAY

A final do Corona Open J-Bay mostrou-nos um verdadeiro show de surf com uma performance brilhante de Gabriel Medina...

A prova requereu pranchas adequadas, razão pela qual falámos com Johnny Cabianca, o shaper de Gabriel Medina, para saber um pouco mais sobre as escolhas do atual campeão mundial, particularmente na estrondosa final de J-Bay onde se consagrou campeão da etapa.

 

O shaper brasileiro, Johnny Cabianca, é o homem por trás das pranchas do atual campeão mundial, Gabriel Medina.

 

AS PRANCHAS MÁGICAS DE GABRIEL MEDINA:

 

 

Johny Cabianca - “Eu tenho vindo a trabalhar com o Gabriel Medina mais ou menos dois tipos de curvas básicas, uma prancha mais recta e outra com mais curvatura. Ou seja, uma prancha para condições de beach break, com uma conexão de onda mais plana, e outra com mais curvatura para ondas mais potentes e manobras de maior expressão, mais côncava.” – disse Johnny Cabianca à Surftotal.

“Para o quiver de Jeffreys Bay trabalhei com essa prancha mais de performance, com mais curvatura, mais côncava, fazendo obviamente alguns ajustes para aquele tipo de onda especifica. O ajuste básico que faço é na borda do bottom da prancha, que deixo mais suave, para transição de borda a borda, porque J-Bay é uma onda que tem movimentos bem longos, mas ao mesmo tempo a mudança de borda necessita ser bem viva.

O volume da prancha para J-Bay é um pouco mais em cima da água do que uma prancha normal que faço para o Gabriel durante o ano. Ou seja, normalmente faço uma prancha 2 7/16" e 28.4L e para J-Bay faço uma 2/5" com 29L, no caso da prancha de 6 pés. O quiver varia entre 6 pés, 6'5" 6'1", 6'2", 6'3" e uma 6'4", caso necessário. É muito dificil usar uma 6'4" em J-Bay, no entanto é sempre bom ter. Todas as pranchas tinham 19 1/8 de largura.

Já não é a primeira vez que faço este tipo de quiver para o Gabriel usar em J-Bay. Nos últimos anos ele tem tido sucesso lá, mas nunca tinha chegado a uma final. Mas basicamente foi esse quiver que levámos.

As pranchas do Gabriel não variam muito durante o ano, nem mesmo para piscina. Ele não gosta nada de epoxy, nem de colocar carbono. As suas pranchas têm de ser bem sensíveis e também não precisam ser muito leves. Ele gosta de uma prancha que tenha um bom equilíbrio.”

“Durante todo o campeonato, inclusive na final, ele usou uma 6'0" e meio x  19 1/8"  x 2/5"  de flutuação com 29.5L” – desvendou Johnny Cabianca.

 

 

Medina em J-Bay com a prancha shapeada por Johnny Cabianca  Foto: WSL / TOSTEE

 

Se quiseres ter uma prancha shapeada pelo shaper brasileiro podes adquiri-la na Brands Co Store, em São Pedro do Estoril. Confere os modelos na loja física ou online(www.brandsco.store).

Instagram: @brands.co.store

Facebook: @brandscostore40


Perfil em destaque

Scroll To Top