Fazer história no Havai está nas mãos de Vasco Ribeiro. Fazer história no Havai está nas mãos de Vasco Ribeiro. Foto: WSL/Poullenot

Itens relacionados

segunda, 03 dezembro 2018 10:08

Vasco Ribeiro entre os melhores 32 de Sunset; Conhece agora as contas da qualificação

Isto está francamente animado, ai se está... 

 

Travis Logie, o Comissário da WSL para o QS10,000 de Sunset Beach, já veio confirmar que esta segunda-feira será “lay day” no Vans World Cup e que a competição estará de regresso, eventualmente, na terça e quarta-feira uma vez que a previsão é favorável.

 

 

 

Entretanto, alguns dos atletas que buscavam o sonho da qualificação à elite mundial já ficaram pelo caminho. Casos de Jake Marshall, Dion Atkinson, Cam Richards, Bino Lopes, Barron Mamiya, Alex Ribeiro, Evan Geiselman, Alejo Muniz, Reef Heazlewood, Thiago Camarão e Nat Young que foram algumas das eliminações mais sonantes destas primeiras três fases da competição.

 

Matheus Herdy, Jorgann Couzinet e Ethan Ewing, encontravam-se em 12.º, 11.º e 10.º lugar no ranking, respetivamente, também já foram afastados e desta forma hipotecaram por completo a entrada no World Tour do próximo ano. Ainda assim, é preciso aguardar pelo final da prova e ver como se irá safar a concorrência. Estão em risco iminente de serem ultrapassados no ranking. 

 

 

Com a realização do Round 3, no passado sábado, e a verificar-se uma qualificação segura e francamente exemplar de Vasco Ribeiro à quarta fase da competição havaiana, registando o maior score do dia, o português vai agora competir no Heat 5 com três brasileiros: Italo Ferreira, Peterson Crisanto e Miguel Pupo. 

 

Numa competição deste género não há heats fáceis, mas Vasquinho mantém vivo o sonho, não só dele mas de todos os portugueses, de entrar na Championship Tour. Há definitivamente menos concorrência pela frente e existe efetivamente um réstia de esperança para o português, mas há que ter em conta certas circunstâncias e cenários. 

 

Vejamos o que se passa e o que é necessário para entrar no top 10 do WQS

 

- De uma centena inicial de atletas passou-se para cerca de 18 candidatos para as 5 vagas que restam;

- Seth Moniz, Ryan Callinan, Peterson Crisanto, Deivid Silva e Ricardo Christie são os 5 atletas já qualificados;

- Na calha para preencher agora as restantes 5 vagas, provisoriamente, estão Leo Fioravanti, Jadson Andre, Jesse Mendes, Ethan Ewing e Soli Bailey. Destes, apenas Ethan Ewing já não se encontra em prova;

- Tal como a Surftotal previu há tempos, as contas do “cut” vão aumentando à medida que a competição avança. Com os 14000 pontos virtuais assegurados por Soli Bailey neste momento, o requisito aumentou para Vasco Ribeiro que tem agora de alcançar mesmo a final do evento;

- Um 4.º lugar até pode servir ao português, mas fica dependente de terceiros e dos resultados que os seus concorrentes alcancem;  

- Se Vasco Ribeiro vencer em Sunset Beach então aí sim, soma 18575 pontos e fica em 8.º lugar do ranking e qualificado para o CT2019; 

- Miguel Pupo, Jack Freestone, Matthew McGillivray, Weslley Dantas, Alonso Correa, Tanner Gudauskas, Matt Banting, Joan Duru, Jack Robinson, Maxime Huscenot, Carlos Muñoz, Connor O’Leary e Beyrick de Vries são os restantes surfistas ainda na luta pela qualificação. 

Perfil em destaque

  • Tiago Faria Tiago Faria

    Nova semana, novo talento do surf a ser revelado… 

Scroll To Top