terça-feira, 13 setembro 2022 07:43

A benção do Oceano e as boas vibrações no Festival Gliding Barnacles, na Figueira da Foz

Surfistas e artistas dos 4 cantos do Mundo estiveram na Praia do Cabedelo na Figueira da Foz...

 

Terminou no passado dia 11 de Setembro o inovador Festival Gliding Barnacles, na Praia do Cabedelo na Figueira da Foz.

 

Um formato diferente de qualquer outro evento a nível internacional:

 

 

 O surf não é encarado como um desporto, mas sim como uma expressão criativa e artística.

 

 

 

A prática do surf no GB assumiu um formato diferente de qualquer outro evento a nível internacional. O surf não foi encarado como um desporto, mas sim como uma expressão criativa e artística. Nessa lógica, a competição foi substituída por “expression sessions” não competitivas. Nestas sessões, surfistas como Clovis Donizetti, Jules Lepecheux e Mele Saili, tiveram oportunidade de demonstrar, em regime livre, o seu estilo, criatividade e inovação, não havendo lugar para critérios como quantidade de ondas ou manobras como normalmente acontece em competições desta modalidade.

 

 Click por João Brek Brakourt

 

 

 

A música marcou o ritmo do evento ao longo dos cinco dias. Durante o dia, o palco teve como fundo o oceano Atlântico e as milhares de pessoas que frequentaram a praia do Cabedelo. À noite, a plateia agitou-se com um alinhamento de artistas nacionais e internacionais, numa mistura de bandas emergentes com nomes que já são da casa, como Ian Svenonious, Da Chick, El Señor, Subway Riders e Victor Torpedo and the Pop Kids. Do rock às músicas do mundo, visitou-se ainda o indie pop, o punk, o jazz, a eletrónica e o afrobeat, numa programação verdadeiramente eclética que esteve intimamente ligada à heterogeneidade do público que os visitou.

 

 

 

  Click por João Brek Brakourt

 

Para completar a tríplice (surf, música e arte), o GB promoveu ainda um "hub criativo" na Praia do Cabedelo, com uma série de residências artísticas em diversos formatos (intervenção em murais, construção de pranchas, serigrafia, tatuagem, artesanato, pintura, escultura, design, exposições, olaria, entre outros), através do convite a artistas e artesãos locais, nacionais e internacionais, como Fiumani, Sick Faces, Leonor Cunha e Sofia Cruz, que interviram de forma inovadora e disruptiva, em tempo real, dentro e fora do espaço do evento.

 

  Click por João Brek Brakourt

 

Itens relacionados

Scroll To Top