domingo, 10 abril 2022 17:30

A jornada do rookie Lucca Mesinas nas primeiras etapas do Tour

“É uma trajetória bastante larga para entrar no CT”

 

Lucca Mesinas é o primeiro peruano masculino a entrar para o CT e está decidido a colocar o seu país no topo. Faltando duas etapas, Bells Beach e Margaret River, para o mid-sesson cut, onde avançam para as próximas etapas os 22 primeiros homens, Mesinas ocupa até ao momento o último lugar disponível na carruagem. Esta é a sua primeira meta já que isso significa que está automaticamente dentro do Tour na temporada de 2023, tal como fez saber no vídeo lançado ontem, dia 9 de abril, no seu canal de Youtube.

Este é o primeiro episódio da série “Lucca Moments” que irá detalhar a sua passagem pelo Circuito Mundial no ano de estreia. Mesinas fez um resumo daquilo que tem sido o seu sonho a ser cumprido, traçado aos 10 anos: competir entre os melhores do mundo. Reuniu algumas ondas do campeoanto em Pipeline e Sunset, as duas primeiras etapas do Tour, e mostrou as expectativas ao redor enquanto tecia comentários. Acrescentou ainda alguns freesurfs antes das provas e o que faz nos dias de layday quando não há ondas.

Mesinas, ficou em 5º lugar no Billabong Pro Pipeline tendo eliminado o veterano Kolohe Andino, que não demorou a dar-lhe o troco tanto no Hurley Pro Sunset Beach como no Meo Pro Portugal, onde o peruano ficou pelo terceiro round, alcançando um 17º lugar. No Rip Curl Pro Bells Beach está inserido no heat 6 contra o atual líder do ranking mundial Kanoa Igarashi e o wildcard Tully Wylie.

 

Itens relacionados

Scroll To Top