Zema Bruschy Zema Bruschy Click por Jorge Matreno/ANS
sexta-feira, 07 maio 2021 22:01

Salvador Couto e Zema Bruschy foram os surfistas locais que mais se destacaram em Leça da Palmeira

No 1º dia da 3ª Etapa da Liga Meo Surf 2021. Surfistas Portuenses estiveram em destaque, embora tenham perdido na ronda 2...

 

A praia de Leça de Palmeira foi, esta sexta-feira, palco de um longo dia inaugural do Joaquim Chaves Saúde Porto Pro, a terceira de cinco etapas da Liga MEO Surf. Com ondas de qualidade pela frente, os melhores surfistas nacionais competiram de sol a sol e conseguiram protagonizar boas performances e scores altos. Neste campo, Vasco Ribeiro destacou-se entre toda a concorrência na prova masculina, enquanto Teresa Bonvalot esteve em bom plano do lado feminino.

A ação iniciou-se bem cedo, pelas 7 horas, com a realização dos trials masculinos, onde Nic von Rupp, vencedor desta etapa em 2011, esteve em plano de destaque, sendo um dos surfistas a garantir entrada no quadro principal. Mais à frente, na ronda 1, Nicolau manteve o ritmo e garantiu nova passagem para a ronda 2, confirmando que é um nome a considerar para as fases mais adiantadas da prova.

Depois de um início de prova a bom ritmo, com pontuações elevadas e com surfistas como Guilherme Fonseca (14,20) a destacarem-se, foi o líder do ranking Vasco Ribeiro a conseguir brilhar mais alto a meio da manhã, vencendo o heat 8 com 15,50 pontos, naquele que foi o melhor score de todo o dia. Vasco repetiu a façanha na ronda 2 e conseguiu vencer um super heat frente a Miguel Blanco, Francisco Mittermayer e Pedro Coelho, com os dois últimos a ficarem pelo caminho.

Na ronda inaugural houve mais prestações de alto nível, como a de João Kopke (13,30) ou de Arran Strong (13,70). Os surfistas locais também estiveram em evidência, com Salvador Couto a vencer o heat 14 e com Zema Bruschy a também seguir em frente. Em sentido inverso, a grande surpresa da ronda acabou por ser a eliminação de Francisco Almeida, finalista vencido desta etapa no ano passado e único top seed a ficar pelo caminho nesta fase.

 

Zema Bruschy .  Click por Jorge Matreno



A segunda ronda foi disputada já ao final da tarde e o espetáculo manteve-se elevado, com Tomás Fernandes (14,25 pontos) em especial plano de destaque. Joaquim Chaves, Marlon Lipke, Francisco Alves, Halley Batista e Luís Perloiro foram os outros surfistas a repetirem na ronda 2 os triunfos que já tinham conseguido pela manhã.

Com o sol já posto, a prova terminou após o penúltimo heat da ronda, com uma incrível bateria entre Arran Strong, Gony Zubizarreta, Nic von Rupp e Eduardo Fernandes a ficar adiada para o início da manhã de sábado. Destaque ainda para Tiago Faria, que foi o membro da nova geração do surf nacional a conseguir avançar para a ronda 3, sendo a grande surpresa do dia, depois de deixar Diogo Martins pelo caminho. 

Entre as duas rondas masculinas, houve ainda lugar à ronda inaugural feminina, onde as candidatas não deram azo a surpresas. A licra amarela Carolina Mendes conseguiu apurar-se tranquilamente para a fase seguinte, mas foi Teresa Bonvalot a dar mais nas vistas, ao fazer o melhor score feminino da jornada: 12,60. Palavra ainda para a performance da regressada Camilla Kemp, com 11,15 pontos, que, tal como Teresa, havia falhado a etapa da Figueira da Foz.

Para este sábado a chamada está marcada para as 6H30, para um possível recomeço de ação às 6H45, com o que resta da ronda 2 masculina. Prevê-se mais um dia longo em Leça da Palmeira, onde a ondulação promete continuar a chegar com potencial.


Agenda para sábado:
06H30 – Chamada para o segundo dia de competição

 


Itens relacionados

Perfil em destaque

Scroll To Top