banner topf

Itens relacionados

sábado, 05 outubro 2019 13:51

Miguel Blanco e Teresa Bonvalot triunfam na ultima etapa da liga meo surf

A ação no sábado começou pelas 10 horas e com as meias-finais femininas.

 

Miguel Blanco e Teresa Bonvalot conquistaram este sábado o triunfo no Bom Petisco Cascais Pro,a quinta e última etapa da Liga MEO Surf 2019, principal competição de surf em Portugal e aquela que define os títulos nacionais da modalidade. Com Carcavelos a continuar a oferecer excelentes ondas, mesmo depois do mar cair um pouco em relação à épica jornada da véspera, Blanco e Teresa acabaram por conseguir performances de elevado nível para vencer aquela que já é considerada uma das melhores provas da história da Liga MEO Surf.  



A ação no sábado começou pelas 10 horas e com as meias-finais femininas. Teresa Bonvalot começou logo a destacar-se no primeiro heat do dia, onde acabou por vencer Carol Henrique, após uma disputa equilibrada. Na outra meia-final foi a já coroada campeã nacional Yolanda Sequeira a eliminar a jovem Mafalda Lopes, que chegou a Carcavelos na sequência da conquista do título europeu júnior da WSL.

Antes do início das finais houve ainda lugar à Renault Expression Session, que foi vencido por Miguel Blanco. Momentos depois decorreu uma sentida homenagem a Ricardo Có, competidor da Liga MEO Surf, quer faleceu no passado mês de setembro vítima de doença oncológica. O top nacional Filipe Jervis e o irmão, Pedro Jervis, depositaram uma coroa de flores no mar de Carcavelos, seguindo-se um minuto de silêncio em memória do malogrado surfista luso-guineense.

Foi já perto do meio-dia que tiveram início as finais do Bom Petisco Cascais Pro, com as raparigas a irem primeiro para a água. A qualidade das ondas pode ter sido do melhor que se viu nos últimos anos na Liga MEO Surf, mas Teresa e Yolanda fizeram questão de elevar ainda mais a fasquia, oferecendo às centenas de pessoas presentes na praia aquela que pode muito bem ser candidata à melhor final da história recente do surf feminino nacional.

Teresa começou a disputa mais forte, mas na ponta final do heat Yolanda começou a mostrar toda a qualidade que a levou a conquistar o título nacional este ano. A surfista algarvia apanhou uma direita de potencial elevado, começando por desenhar duas belas curvas e terminando depois com uma manobra forte. Uma performance que lhe valeu 9 pontos em 10 possíveis. No entanto, a resposta de Teresa Bonvalot surgiu no minuto seguinte, graças a um aéreo reverse raramente visto em provas femininas, que recebeu 8 pontos e que permitiu à surfista de Cascais vencer esta super final, com 15,25 pontos contra 15 da adversária.

Esta foi a terceira vitória de Teresa Bonvalot na Liga MEO Surf em 2019, acabando a temporada como vice-campeã nacional. Só mesmo a incrível prestação de Yolanda Sequeira, que também contou com três triunfos no circuito, mas tendo a vantagem de ter mais três finais realizadas, acabou por retirar a possibilidade de Teresa ser campeã nacional, tal como já havia feito em 2014 e 2015.

“Foi um heat muito renhido”, começou por dizer Teresa Bonvalot, após carimbar o triunfo em Carcavelos. “Apesar de o vento ter dificultado um pouco na hora de apanharmos as ondas, estou feliz por ter encerrado o meu ano com este triunfo. Nem sempre conseguimos vencer, mas tento sempre dar o meu melhor. Por isso estou muito contente com este desfecho. Há várias surfistas no circuito com muito talento, apesar de eu e a Yolanda termos feito muitas finais juntas. O mais giro do surf é que nem sempre ganha o mesmo, nem sempre ganha o melhor. Às vezes caiu para ela, hoje caiu para mim e estou satisfeita”, frisou.

Por fim, na final masculina, Miguel Blanco entrou na água na “ressaca” do título nacional conquistado na véspera, tendo pela frente o também cascalense Luís Perloiro, que alcançou neste evento a primeira final da carreira na Liga MEO Surf. Com a experiência do seu lado, Blanco começou mais forte e foi-se destacando ao longo do heat, terminando com um triunfo sólido, de 16,10 pontos contra 12,50. Foi a segunda vitória da temporada para o surfista do Estoril, depois de, tal como Teresa, já ter vencido a etapa anterior da Liga MEO Surf, o Allianz Algarve Pro.

“O nível na Liga MEO Surf é bastante alto e sabia que ir à final seria difícil. Sabia que as ondas iam ser boas em Carcavelos, o que me dava alguma vantagem, porque gosto destas condições. Ontem foi um dia bem intenso, onde tive de fazer quatro heats em condições boas, mas bem desafiantes. Cada heat parecia uma final porque não podia perder se queria ser campeão e estava a surfar contra surfistas que já não tinham nada a perder. Depois de tudo o que aconteceu ontem, ter chegado hoje aqui e vencer a final foi a cereja no topo do bolo”, sublinhou Blanco.

Resultados finais do Bom Petisco Cascais Pro:
Final masculina: Miguel Blanco 16,10 x Luís Perloiro, 12,50
Final feminina: Teresa Bonvalot, 15,25 x Yolanda Sequeira 15
Somersby Onda do Outro Mundo: Luís Perloiro, 9,75 nos quartos-de-final
Renault Expression Session: Miguel Blanco
Cascais Best Surfer: Miguel Blanco e Carol Henrique
Sumatra Surf Trip (Melhor Júnior): Guilherme Ribeiro e Mafalda Lopes

Perfil em destaque

Scroll To Top