banner topf

Itens relacionados

segunda, 08 julho 2019 15:13

Matias Canhoto Campeão Nacional de Esperanças 2019


Matias sagra-se Campeão Nacional de Surf no escalão de Sub 12 pelo segundo ano consecutivo.


A Capital da Onda, Peniche, recebeu no passado fim-de-semana de 6 e 7 de julho a finalíssima do Campeonato Nacional de Esperanças no escalão de Sub 12 (atletas com idades até 12 anos) que apurava o campeão nacional de 2019.


Os atletas em competição, apuraram-se nos vários campeonatos regionais que se realizaram nas cinco regiões do país no primeiro quadrimestre do ano.
 
Adivinhavam-se condições exigentes para os jovens surfistas, pois as previsões eram de muito pouca ondulação, no entanto Peniche volta a não desiludir.
 
A organização apostou na internacionalmente conhecida Praia do Pico da Mota, que se veio e revelar a melhor escolha, onde havia condições para a realização do evento.
 


Sábado o mar estava muito pequeno e a direção técnica da FPS(federação portuguesa de Surf) em conjunto com a organização, resolveram realizar apenas a primeira ronda do campeonato, tendo deixado para domingo a realização das restantes rondas. Nesse mesmo dia ficou decidido que não se realizaria a ronda de repescagem, pois obrigaria a mais quatro horas de prova.



Com chamada marcada para as 9h de domingo, o campeonato foi retomado nos quartos de final pelas 9h30m e com boas condições.
 
Logo na primeira bateria do dia, o surfista local, Matias Canhoto, mostrou o porquê de ser um dos melhores surfistas da atualidade neste escalão conseguindo o melhor score combinado de todo o campeonato, com quinze pontos em vinte possíveis, tendo na melhor onda obtido uma pontuação perto da perfeição, com 9 pontos em dez possíveis.
 
Embora com boas condições, a mudança de maré poderia trazer alterações na qualidade das ondas, pelo que a direção técnica da FPS em conjunto com a organização, resolveram realizar o campeonato em formato tradicional em detrimento de baterias homem a homem.
 
A final foi intensa. Matias Canhoto (PPSC) com uma boa escolha de ondas acabou por vencer a derradeira bateria e sagrou-se campeão nacional de surf sub 12, tendo Salvador Vala (LOMBOS) obtido o segundo lugar e assim sido consagrado vice-campeão nacional. Tiago Guerra (CNN) foi terceiro e Kekoa Hummel (AON) quarto.


FINAL


Perfil em destaque

Scroll To Top