Itens relacionados

domingo, 23 junho 2019 23:31

Miguel Blanco e Teresa Bonvalot conquistam o Allianz Algarve Pro

Após um dia sem ondas, que originou pausa no sábado, o domingo acordou com um cenário bem diferente.

Miguel Blanco e Teresa Bonvalot foram os grandes vencedores do Allianz Algarve Pro, que terminou este domingo em ondas de qualidade na Praia do Amado, Aljezur. Além de vencerem a etapa algarvia, a quarta e penúltima do calendário da Liga MEO Surf, principal competição de surf em Portugal e onde se disputam os títulos máximos da modalidade, Blanco e Bonvalot levaram também para casa os títulos da Allianz Triple Crown e conseguiram ainda reduzir distâncias para a liderança do Ranking Santander, onde Tomás Fernandes e Yolanda Sequeira, finalistas vencidos no Amado, continuam na frente.

Após um dia sem ondas, que originou pausa no sábado, o domingo acordou com um cenário bem diferente. Os melhores surfistas nacionais não desaproveitaram a oportunidade e conseguiram mostrar bom surf e alcançar scores elevados. Com a prova a retomar na 3.ª ronda masculina, a ação começou logo com uma grande surpresa, depois da eliminação de Vasco Ribeiro.

A partir daí, apesar de alguns nomes mais jovens a sobressaírem, como Afonso Antunes, Diogo Martins, Luís Perloiro ou Jácome Correia, que chegou às meias-finais, Blanco e Tomás tomaram a rédea das operações e elevaram o espetáculo a um nível superior. O campeão nacional superou Diogo Martins nos quartos-de-final e depois bateu Jácome Correia nas meias-finais, enquanto Tomás Fernandes venceu Luís Perloiro nos quartos-de-final e Marlon Lipke nas meias-finais, acabando aí com as possibilidades do surfista algarvio entrar nas contas do título.

A final foi bem equilibrada, mas Miguel Blanco começou a tomar a dianteira graças a uma onda de 8,25 pontos. Com 15,00 pontos contra 13,95, o campeão nacional em título acabou por vencer a bateria, subindo ao lugar mais alto do pódio pela primeira vez esta época. Um resultado que lhe ofereceu o triunfo na Allianz Triple Crown e que ainda o deixa com possibilidades de lutar pelo título nacional na última etapa. Aí, em Cascais, será Tomás a partir na frente da luta, uma vez que se chegar à final é automaticamente campeão.

“Estou muito contente com a minha vitória”, começou por afirmar Miguel Blanco. “Já tinha feito um 2.º lugar, um 3.º e um 5.º, por isso sentia que a vitória estava perto de aparecer. Ganhar no Algarve em condições boas de surf e com notas altas foi muito significativo para mim. Precisava muito desta vitória para levar a luta para Cascais, porque sabia que se o Tomás vencesse esta final fica tudo decidido. Mas também queria muito ganhar a etapa por mim. Na última prova vou dar o tudo por tudo. Conheço bem as ondas de Cascais, onde cresci, por isso sinto que tenho alguma vantagem”, admitiu Blanco.

Já na final feminina assistiu-se a um duelo intenso entre Teresa Bonvalot e Yolanda Hopkins, que só foi decidido já bem perto do final. Teresa levou a melhor, depois de ter feito a melhor onda do evento (9,00 pontos), que lhe rendeu o prémio Somersby Onda do Outro Mundo, acabando a bateria com um score de 17,25 pontos, contra os 14,05 da surfista algarvia e líder do ranking Santander. Este triunfo teve o condão de aproximar Teresa Bonvalot da liderança do ranking – que conta ainda com uma etapa extra, a disputar-se em Agosto em Ílhavo -, mas também de garantir à surfista de Cascais o triunfo na Allianz Triple Crown.

“Penso que foi cereja, mais cereja no topo do bolo”, começou por dizer Teresa Bonvalot após o triunfo. "Estou feliz por ter voltado ao Amado, onde tinha conseguido um 2.º lugar há cinco anos, na última etapa que cá houve. Desta vez, com mais experiência, consegui o triunfo. Adorei ter cá estado, pois tivemos ondas muito boas e grande nível de surf. Em todas as baterias dou o meu melhor. Sabia que ia ser sempre difícil enfrentar a Yolanda, mas também sabia que tinha de dar tudo a cada onda que apanhasse”, frisou a bicampeã nacional de 2014 e 2015.

Este domingo realizou-se ainda a Renault Expression Session, que foi vencida por João Kopke, graças a um aéreo de frontside.  

Resultados finais:
Final masculina: Miguel Blanco 15,00 x Tomás Fernandes 13,95
Final feminina: 17,25 Teresa Bonvalot x Yolanda Sequeira 14,05
Somersby Onda do Outro Mundo: Teresa Bonvalot, 9,00 pontos na final
Renault Expression Session: João Kopke
Algarve Best Surfer: Marlon Lipke e Yolanda Sequeira
Sumatra Surf Trip (Melhor Júnior): João Vidal e Matilde Passarinho

Agora, a Liga MEO Surf segue para Cascais, com o Bom Petisco Cascais Pro a realizar-se entre os dias 3 e 5 de Outubro, naquela que será a última prova do ano.

  • Créditos fotos: Rita Neves

Perfil em destaque

Scroll To Top