Itens relacionados

domingo, 23 setembro 2018 13:39

Trio Australiano vence os títulos Mundiais no Açores World Masters

Os australianos Rob Bain, Layne Beachley e Dave Macaulay venceram o Campeonato Mundial de Masters que terminou há poucos minutos na Ilha de São Miguel nos Açores.

Os vice campeões nas respetivas finais foram Cheyne Horan (AUS), Rochelle Ballard (HAW) e Shane Beschen (HAW) nas categorias por ordem, Masters, Masters Femininas e Masters Masculinos, realizadas em ondas que variaram entre o meio e um metro de altura com boa formação na praia de Santa Bárbara.

Este foi  evento especial da World Surf League (WSL), um Campeonato Mundial de Masters que ficará para a história e onde percebemos, após grandes performances de algumas das lendas do surf mundial das gerações passadas, que o Surf é uma atividade perene e que depende maioritariamente da própria pessoa para continuar a sua prática, prolongando assim também a qualidade de vida.  

RESULTADOS FINAIS AZORES AIRLINES WORLD MASTERS CHAMPIONSHIP:
1 - Dave Macaulay (AUS) 14.43
2 -
Shane Beschen (HAW) 11.33

RESULTADOS FINAIS AZORES AIRLINES WORLD GRAND MASTERS CHAMPIONSHIP:
1 - Rob Bain (AUS) 17.10
2 -
Cheyne Horan (AUS) 9.53

RESULTADOS FINAIS AZORES AIRLINES WORLD WOMEN’S MASTERS CHAMPIONSHIP:
1 - Layne Beachley (AUS) 12.93
2 -
Rochelle Ballard (HAW) 10.43

 

A Praia de Santa Bárbara encheu com curiosos e aficionados do surf que não perderam a grande final do Azores World Masters, evento único e irrepetível em PORTUGAL. Rob Bain (AUS) e Cheyne Horan (AUS) foram os primeiros a medir forças dentro de água numa bateria muito acesa e disputada. Bain, considerado o melhor surfista desde o primeiro dia do evento, voltou a surpreender com duas ondas de classe mundial e terminou o heat com 17.10 pontos, reclamando o título de campeão mundial de Grand Masters.

“Sabia que o Cheyne seria um grande e difícil adversário e estava muito nervoso. Só pensava: se as ondas são pequenas, isto vai ser uma batalha. Estou muito contente por ter apanhado boas ondas. Este é um momento muito especial para mim e um sonho tornado realidade. Levei uma vida inteira de altos e baixos nas competições”, comenta o australiano Bain que celebra hoje o seu 56.º aniversário.

Layne Beachley (AUS), sete vezes campeã mundial, e Rochelle Ballard (HAW), campeã da série de qualificação, encontraram-se na final de Masters Feminino. A havaiana teve um bom começo, mas Beachley foi mais rápida e não tardou a dominar e a controlar a bateria, acabando por sair da água com mais um título. Mais importante, Beachley escreveu uma importante página na história do surf ao ser a primeira mulher a ganhar um título de masters. 

Estamos todos extremamente gratos por a WSL reconhecer os pioneiros do surf e juntá-los no mesmo evento. Todos nós ainda adoramos competir e gostamos de provar a nos próprios e aos outros que ainda temos o que é preciso para vencer! Estou ansiosa para competir novamente nos próximos anos”, diz Layne Bachley, agora detentora de oito títulos mundiais.

Prova renhida também entre Dave Macaulay (AUS) e Shane Beschen (HAW). Dono de umas manobras impressionantes, Macaulay parecia intocável e assim permaneceu até ao fim da bateria. O duas vezes n.º 3 do mundo e o atleta mais velho na categoria de Masters, somou à sua carreira mais um título mundial.

“Nunca imaginei que isto fosse acontecer”, afirma Macaulay. “Foi uma semana inacreditável. É um local simplesmente lindo e as pessoas são muito amigáveis. Voltaria cá para umas férias a qualquer altura! Sou um felizardo. Depois de tantos anos, ainda continuo a surfar e os meus filhos já estão a seguir as mesmas pisadas. É de loucos!”, remata.

A última edição deste campeonato decorreu no Brasil, em 2011, e é por isso que este evento tem uma enorme projeção internacional e consequente retorno económico. Se o Azores Airlines o ano passado teve um retorno de 7 milhões, este Azores Airlines de Masters pela primeira vez na Europa terá, sem dúvida, um impacto muito maior, e reforça o papel dos Açores como o Havai da Europa”, sublinha Rodrigo Herédia, responsável pela organização.

--

O Azores Airlines World Masters Championships decorreu entre 18 e 23 de setembro, na praia de Santa Bárbara, Ribeira Grande, ilha de S. Miguel, e juntou 27 ex-campeões mundiais que são, atualmente, as grandes referências para a comunidade. Em disputa estiveram três categorias. A Masters inclui atletas dos 45 aos 55 anos e a Grand Masters abrange surfistas com mais de 55 anos.  Além destes dois títulos, o World Masters Championships recebeu, pela primeira vez, atletas femininas.

Perfil em destaque

Scroll To Top