Itens relacionados

sexta, 02 março 2018 15:31

Caparica Primavera Surf Fest vai ter campeonato europeu Sub-13

Prova reúne alguns dos mais talentosos surfistas europeus… 

 

A Costa de Caparica é um dos locais em Portugal em que a beira-mar e as longas praias promovem o encontro de várias comunidades, potenciando novas tendências culturais e desportivas, atraindo atenções nacionais e internacionais. 

 

Caparica Primavera Surf Fest (CPSF) é um dos momentos altos que demonstra toda a vitalidade que acontece ao longo do ano na Costa de Caparica. Um dos eventos que faz parte do cartaz do CPSF 2018 é, por exemplo, o "Matta Game On powered by Didier Piter Surf Coaching", uma prova que reúne alguns dos mais talentosos surfistas europeus com idade inferior a 13 anos. 

 

Trata-se de uma excelente iniciativa de índole comercial da Matta Shapes e um evento super interessante de seguir, uma espécie de minicampeonato da Europa que tem lugar no final do mês.

 

“A ideia por trás desta iniciativa é a de apoiar os jovens talentos do surf europeu. É um projeto que alimentava há uns anos e que o Caparica Primavera Surf Fest tornou possível. É uma espécie de minicampeonato da Europa com campeões e vice-campeões nacionais de oito países e uma região (Ilhas Canárias), mais alguns convidados, de entre os quais destaco o Diogo Bessone, de 8 anos, local da Caparica”, explica Nuno Matta, antigo competidor e shaper da marca sediado na margem sul. 

 

O evento goza de grande originalidade porque se dirige a surfistas sub-13, selecionados entre 20 dos campeões e vice-campeões de 9 bandeiras: Canárias, Inglaterra, França, Alemanha, Irlanda, Itália, Holanda, Portugal e Espanha. A estes juntam-se ainda sete surfistas da equipa Matta e mais cinco que foram escolhidos através de um passatempo no Instagram: 

 

João Maria Mendonça - Portugal 

Martin Moina - País Basco 

Aitzol Aginaga - País Basco 

Marlon Lamaison - França 

Sebastian Bamonde - Espanha 

 

Além dos nomes já citados, também Kai Schmitz (Alemanha), Axel Dominguez (França), Inigo Madina (França), Fynn Gillespie (Inglaterra), Lukas Skinner (Inglaterra), Francisco Ordonhas (portugal), Michele Scoppa (Itália), Marco Albacete (Espanha), Alvaro de la Fuente (Espanha), Brando Giovannoni (Itália), Hugo le Foll (França), Hugo Prins (França), Gabe Llewellyn (Inglaterra), Jaime Veselko (Portugal), Jean Haritschelhar (França), Rufo Baita (Itália), Salvador Costa (Portugal), Dylan Donegan (Canárias), Conor Donegan (Canárias), james Cloney (Irlanda), Ross Coyne (Irlanda), Kai Odriozola (Espanha), Storm Van Hatten (Holanda), Hans Odriozola (Espanha) e Pieter-Bas Boekee (Holanda) fazem parte da lista de competidores. 

 

Competição e formação

Um projeto que assenta na competição, mas também, até pela idade dos atletas, na formação. É aí que entra Didier Piter, treinador francês que é uma referência internacional e que vai apoiar todos os surfistas durante a competição na Costa de Caparica.

 

Paralelamente ao trabalho de Piter, o chefe de juízes da prova vai explicar aos jovens surfistas o que o painel de juízes procura num surfista, ensinando-os a surfar melhor em contexto competitivo. De entre os prémios a entregar no Caparica Primavera Surf Fest, destaca-se a atribuição de um contrato de um ano com a Matta Surfboards. Para acompanhar entre 27 e 29 de março. 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top