sexta-feira, 17 setembro 2021 09:03

Tudo a postos para a primeira etapa da Challenger Series

Teresa Bonvalot, Yolanda Hopkins, Carolina Mendes e Vasco Ribeiro irão vestir a lycra em Huntington Beach...
 
 
Etapa irá decorrer de 20 a 26 de setembro
 
O palco está montado e alguns dos melhores surfistas do mundo estão prontos para o dia de abertura do US Open of Surfing Huntington Beach, etapa da Challenger Series (CS) que irá decorrer de 20 a 26 de setembro. 
Entre os surfistas que vão competir no evento estão os atletas do Championship Tour (CT ) Conner Coffin, que disputou o título mundial na Rip Curl WSL Finals, os atletas olímpicos Kolohe Andino e Kanoa Igarashi, Griffin Colapinto, bem como as ameaças ao título mundial feminino Courtney Conlogue, Lakey Peterson e a atual vencedora do US Open Sage Erickson.
 
 
 
A vencedora do evento, Sage Erickson, está pronta para defender o seu título
 
A incrível vitória de Erikson em 2019 ajudou a surfista a qualificar-se para o CT antes do covid-19 adiar o seu retorno entre os melhores do mundo. A atleta de Ojai, Califórnia, terminou a temporada do CT na 14ª posição e agora olha para as classificações da Challenger Series como outra oportunidade de regressar ao CT.


 
Sage Erickson no US Open of Surfing em 2029. Foto:WSL/Herron
 


As palavras de Sage Erickson sobre a sua vitória em 2019:
 
 
“Aquela vitória foi massiva (e) praticamente qualificou-me novamente. A minha família estava lá. Foi pela minha avó, pois ela tinha falecido poucas semanas antes do evento. Foi um grande momento para todos nós. Todas as sensações - nervosa, excitada, duvidosa, e depois triunfante sobre essas emoções. É por isso que faço isto, por isso estou entusiasmada para sentir tudo isso novamente em casa. Uma vitória seria muito bom. Durante os últimos 8 anos, todos os anos eu tive uma vitória no QS ou no CT, então há uma lacuna a ser preenchida. ”
 
 
 
Estrelas femininas e surfistas promissoras vão competir no evento
 
Às estrelas femininas que competem no evento juntam-se algumas das competidoras mais promissoras do país que estão a expandir os limites do surf nos EUA, como a campeã mundial júnior de 2018 Kirra Pinkerton, a atual líder do ranking da América do Norte, Alyssa Spencer e Sawyer Lindblad ao lado de ameaças internacionais como as australianas Molly Picklum e Philippa Anderson, a espanhola Leticia Canales Bilbao  e as ex-atletas do CT, Keely Andrew (AUS) e Pauline Ado (FRA), agora à procura de se requalificar, entre muitas mais.
 
 
 
Kirra Pinkerton no US Open of Surfing em 2019. Foto:WSL/Morris
 
 
 
Kanoa Igarashi tem a oportunidade de ganhar o seu terceiro título do US Open
 
Kanoa Igarashi, herói da sua cidade natal, Huntington Beach, trouxe uma medalha de prata para a Surf City USA depois de representar a sua herança japonesa durante a estreia olímpica do surf. A destreza do jovem de 23 anos com a lycra rendeu-lhe a oitava posição no ranking  do CT esta temporada de 2021, marcando  o seu segundo ano consecutivo no Top 10.  A sua tendência competitiva não o deixará descansar enquanto se prepara para enfrentar a Challenger Series - começando com a oportunidade de ganhar o seu terceiro título do US Open.
Igarashi e outros californianos terão que competir com nomes como os ex-atletas do CT, Miguel Pupo (BRA), Wiggolly Dantas (BRA), Keanu Asing (HAW) e uma infinidade de destaques da Challenger Series, incluindo Shun Murakami (JPN), Ramzi Boukhaim (MOR), o olímpico Billy Stairmand (NZL), e muitos mais.
 
 
 
A declaração de Kanoa Igarashi:

“Desde a Barra, sinto que fiz uma grande reconfiguração e, de certa forma, estou entusiasmado para ver como vai estar o meu mindset neste evento. Este é um dos meus últimos eventos do ano, então posso esforçar-me o máximo que eu quiser e é por isso que estou muito entusiasmado por competir.”
 
 
 
 
Kanoa Igarashi no US Open of Surfing em 2019. Foto: WSL/Morris
 
 
 
 
Competidores de 'The Ultimate Surfer' estão no quadro de competição do evento
 
Alguns dos participantes da série "The Ultimate Surfer" estão no quadro de competição do evento, incluindo o ex-competidor do CT Zeke Lau (HAW), Tia Blanco (EUA) e Brianna Cope (HAW). O último episódio da série será transmitido no canal ABC na terça-feira, 21 de setembro.
 
 
 
Zeke Lau. Foto:WSL/Morris
 
 
 
Os atletas portugueses no evento
 
Nesta etapa inaugural da Challenger Series estão também 4 atletas portugueses. Teresa Bonvalot, Yolanda Hopkins, Carolina Mendes e Vasco Ribeiro irão vestir a lycra em Huntington Beach ao competir com um forte campo de atletas neste novo formato competitivo da World Surf League onde homens e mulheres lutarão para se qualificarem para o CT de 2022.
 
 
 
 
 
 

Itens relacionados

Perfil em destaque

Scroll To Top