quinta-feira, 16 setembro 2021 10:11

Indonésia abre fronteiras a viajantes

A decisão oficial foi anunciada ontem...
 
 
Já é possível viajar até às ondas de sonho da nação asiática 

Para aqueles que estão desejosos de viajar para a Indonésia, não precisam esperar mais. O país anunciou ontem (15 de setembro) que abriu as fronteiras e já é possível aproveitar as suas ondas de sonho. Contudo, como esperado em tempos de covid, o país colocou algumas regras para entrar em território indonésio.
 
 
 
Protocolos exigidos a viajantes internacionais

Para quem deseja viajar até à Indonésia irá precisar de um E-visa, mas não só. O país exige uma quarentena obrigatória de 8 dias em Jacarta, um resultado de teste PCR negativo com código QR e que o viajante esteja vacinado (com as duas doses da vacina). 
Os estrangeiros também devem pagar as suas próprias taxas hospitalares se infetados com COVID-19 ter seguro de saúde ou de viagem.
 
 
 

Protocolos exigidos para viajantes domésticos
 
Para voar via Jacarta, é preciso ter pelo menos 1 injeção da vacina e apresentar um teste de PCR. Já para quem tiver as duas doses da vacina só precisa de apresentar um teste rápido.
Para entrar em Mentawai não é necessário estar vacinado, é apenas preciso um teste rápido (válido por 24 horas) ou teste PCR (válido por 48 horas).
 
 
 
Sobre o E-visa
 
O E-visa é um visto eletrónico que autoriza a entrada e residência para estrangeiros durante a pandemia  covid-19. O visto pode ser pedido em visa-online.imigration.go.id
Depois de todos os processos concluídos e em conformidade com as regras, a Direcção-Geral da Imigração emitirá o visto e enviará para o email do solicitante. 
O E-visa tem um formato de papel onde contém o índice do visto, dados de identidade do cidadão estrangeiro e, abaixo, informações adicionais necessárias. O código QR deverá ser guardado como segurança.
Os vistos de visita têm um custo de 50 dólares e os vistos de estada limitada um custo de 150 dólares.
 
 
 
Indonésia junta-se a mais 5 países que abriram as suas fronteiras
 
A retoma da economia e os custos das restrições sociais foram alguns dos fatores que pesaram na decisão de vários países de abrir as suas fronteiras.
A Indonésia é um deles mas não é o único. Entre os países que tomaram o mesmo rumo estão a Dinamarca, Singapura,Tailândia, África do Sul e o Chile.
 
 
 
 

Itens relacionados

Perfil em destaque

Scroll To Top