Itens relacionados

sexta-feira, 14 agosto 2020 10:58

KELLY SLATER INCITA QUEENSLAND A APROVAR EMPREENDIMENTO PARALISADO POR QUESTÕES AMBIENTAIS

Que será uma nova réplica do Surf Ranch...

Kelly Slater incitou o estado de Queensland, Austrália, a aprovar um empreendimento da World Surf League (WSL) que foi paralisado por questões ambientais.

O empreendimento, no valor de biliões de dólares, deverá ocupar 510 hectares perto da cidade litoral de Coolum em Queensland e inclui um Surf Ranch envolvido num estádio para 20.000 pessoas, um eco-resort de seis estrelas, restaurantes, bares, uma vila de lojas e "um centro de educação ambiental baseado nos pântanos do local e canais próximos".

Andrew Stark, General Manager da WSL e da Kelly Slater Wave Co Australia Asia & Oceania, descreve o empreendimento como o impulso económico de que o estado precisava com urgência uma vez que criará um considerável número de empregos para regiões como a Sunshine Coast tão necessários face à crise económica que Queensland enfrenta devido ao covid-19.

“Quando as pessoas pensam em surfar na Austrália, geralmente pensam em Bells ou na Gold Coast ... esta onda iria tornar-se uma espécie de meca e colocaria a Sunshine Coast de volta no mapa (do surf) ... trará muito interesse para a área e será um lugar que eu sei que muitas pessoas vão querer surfar e ter um impacto contínuo na área local ... tivemos tantas pessoas a perguntar por tanto tempo onde vamos construir a próxima onda, incluindo a Austrália ”, disse Kelly Slater ao Courier Mail.

Enquanto a WSL e Kelly Slater defendem os prós da construção na Austrália descrevendo o empreendimento como a próxima meca do surf, as preocupações pela destruição da vida selvagem existente no local levam a que se questione se Kelly Slater será ainda o ambientalista que se autoproclama ser.

Perfil em destaque

Scroll To Top