Os picos de South Stradbroke Island, no estado de Queensland.   Foto: WSL / ANDREW SHIELD Os picos de South Stradbroke Island, no estado de Queensland. Foto: WSL / ANDREW SHIELD
quinta-feira, 06 agosto 2020 10:52

GOVERNO DE QUEENSLAND IRÁ FECHAR FRONTEIRAS NO PRÓXIMO SÁBADO

Lançando dúvidas sobre a realização do Grand Slam of Surfing da Austrália...

O governo do estado de Queensland, Austrália, anunciou ontem que irá encerrar as suas fronteiras para viajantes de Nova Gales do Sul e do Território da Capital Australiana, após o estado registar um novo caso de covid-19.

A proibição entrará em vigor à 01:00 de sábado, 8 de Agosto.

"Não podemos arriscar uma segunda onda. Temos de colocar os habitantes de Queensland em primeiro lugar". – disse a Premier Annastacia Palaszczuk

Os habitantes de Queensland que voltarem para casa após viajarem para os estados do sul serão enviados para quarentena obrigatória em hotéis por quatorze dias, por conta própria. As únicas isenções serão os trabalhadores essenciais.

A decisão poderá, ou não, pôr em causa a realização do Australian Grand Slam of Surfing tal como previsto, dependendo se aos surfistas foram atribuídas isenções.

 

 

Os dois eventos coroarão os surfistas mais dominantes nas melhores ondas possíveis.

 

 

O Grand Slam of Surfing da Austrália conta com os principais atletas do CT do país a lutar no Boost Mobile Pro Gold Coast na Ilha South Stradbroke (Queensland) e no Margaret River Pro (Austrália Ocidental).

Estes dois eventos deverão ocorrer durante um período de espera de dois meses, sendo que cada evento precisa de apenas dois dias para ser realizado.

A série, que conta com 24 dos melhores surfistas da Austrália (12 homens e 12 mulheres), tem um prémio monetário de 20.000 dólares para cada um dos vencedores da série masculina e feminina, que irão para uma instituição de caridade à sua escolha.

Perfil em destaque

Scroll To Top