Foto: Daniel Muller / Greenpeace Foto: Daniel Muller / Greenpeace

Itens relacionados

terça, 08 outubro 2019 09:51

EMPRESAS REDUZEM O USO DE PLÁSTICO PARA SE MANTEREM RELEVANTES NO MERCADO

E tornarem-se apelativas aos jovens consumidores...

Cada vez mais as empresas estão conscientes do impacto das sua politicas na preservação do ambiente e em como estas influenciam os consumidores.

A preocupação da nova geração com as alterações climáticas e os seus esforços em chamar a atenção dos governos e empresas para esta realidade tem dado frutos e a recente mudança de direção da empresa Unilever é prova disso.

A multinacional britânica-neerlandesa, a terceira maior empresa de bens de consumo do mundo possuindo mais de 400 marcas, entre elas a Knorr, Lipton, Rexona, Dove e a Surf, uma linha de produtos de limpeza, planeia reduzir para metade o plástico novo que usa, numa tentativa de se manter relevante no mercado e atrair consumidores mais jovens.

Segundo a BBC news a empresa é responsável pela produção de 700.000 toneladas de plástico novo por ano e planeia reduzir este número nos próximos cinco anos usando mais plástico reciclado e procurando materiais alternativos.

A decisão da multinacional segue os passos da Procter & Gamble Company, uma multinacional americana de bens de consumo, detentora da marca Fairy, que anunciou em Abril deste ano o seu plano de reduzir para metade a quantidade de plástico usado até 2030, a Nestlé, que anunciou eliminar todos os plásticos não recicláveis dos seus invólucros até 2025 e a Coca Cola, que anunciou dobrar a quantidade de plástico reciclado que usa nas 200.000 garrafas que produz a cada minuto até ao próximo ano.

Perfil em destaque

Scroll To Top