Itens relacionados

quinta, 03 janeiro 2019 16:55

Grommet de 12 anos lança marca de wax ecológico

E tudo partiu de um simples projeto escolar… 

 

Aproveitando a ideia de um projeto escolar, um miúdo do sul da Austrália acabou a tentar eliminar microplásticos e produtos químicos do oceano transformando-os numa nova marca de wax ecológica. 

 

Tudo começou quando Noah Pronk, de 12 anos, traçou as linhas para um projeto escolar, em setembro do ano passado, cujo orçamento não podia ultrapassar os 20 dólares australianos (+- 13 euros). 

 

Durante a sua pesquisa para a "ideia de negócio" o grom de St. Leonards, que é um ávido praticante de natação e, claro, surfista, deu conta que quase todas as marcas de wax existentes no mercado contêm químicos e plásticos na sua composição. 

 

Apenas uma marca, situada em Queensland, pareceu-lhe ter uma vertente claramente mais eco-friendly. Isto lançou a ideia de fabricar o seu próprio wax totalmente ecológico. 

 

“O wax é tóxico e está pejado de químicos, o que não é bom para os peixes. Eles nadam no oceano juntamente com os plásticos, depois comem-nos, portanto, nós acabamos também a comer plástico. Eu quis mudar isso, eu não quero comer plástico”, explicou. 

 

 

Noah recorreu a uma mistura de cera de Canguru e óleo de coco, ambos de origem local, para compor a sua receita. Segundo o grom, a produção inicial foi de cerca de 200 barras que funcionam tão bem quanto as restantes marcas de wax do mercado. 

 

E assim nasceu um novo negócio (ou ideia de negócio) com uma base ecológica (100% local, orgânico e artesanal), sendo Noah, para já, ajudado pela sua mãe no que diz respeito à gestão das redes sociais e envio de encomendas. 

 

Uma coisa é certa: o logótipo está a partir tudo! 

Perfil em destaque

Scroll To Top