quinta-feira, 06 maio 2021 10:01

4 coisas que podes fazer para preservar a tua prancha de surf

Dicas que podem fazer toda a diferença...

 

A prancha de surf é um dos maiores investimentos que um surfista pode fazer em material técnico para a prática do desporto, no entanto é também uma das ferramentas que sofre mais desgaste.

Para te ajudar a prolongar a longevidade da tua prancha trazemos-te quatro dicas simples mas que podem fazer a diferença na preservação do teu equipamento.

 

 

Foto: windfoilzone

 

 

-Reserva algum tempo para examinares a tua prancha

Durante uma sessão de surf a prancha sofre sempre um desgaste. É normal que assim seja, mas a prancha também poderá sofrer danos devido a impactos ou quedas. Por vezes esses danos são visíveis ainda dentro de água durante a sessão, mas nem sempre tal acontece pelo que é essencial que no final de cada surfada observes bem a tua prancha e repares se ela apresenta alguma pequena racha ou mossas.

 

-Limpa o wax velho para uma melhor avaliação do estado geral da prancha

Por vezes, ao olhares para a tua prancha é possível que não vejas nada de anormal à primeira vista mas que pequenos danos estejam presentes por baixo do wax. Esta é uma das razões porque deves limpar o wax velho da tua prancha com regularidade. Para tal podes usar um removedor de wax e um raspador, materiais que encontras em lojas de surf.

 

 

Foto: academyofsurfing

 

 

-Evita sempre usar a tua prancha com infiltrações

Sempre que vires que a tua prancha tem alguma racha, a mesma deverá ser reparada por um profissional para não comprometer a sua longevidade.

Geralmente, a água quando entra não sai e permanecendo no interior da prancha vai tirando a resistência dos materiais pelo que é essencial que procedas à sua reparação para assegurares que a estás a preservar e garantir que permaneça em boas condições.

 

- Deixa o arranjo para um profissional

Para alguns surfistas, quando uma prancha apresenta um dano pequeno, é tentador fazerem pequenos reparos em casa para poderem surfar logo. A não ser que sejas um surfista com um conhecimento de reparação de pranchas e com noção das diferenças de materiais usados nas construções das mesmas, definitivamente o melhor é deixar o arranjo a cargo de um profissional para evitar problemas mais sérios e inclusive a perda total da prancha.

 

 

Foto: gosurfperth

 

 

Itens relacionados

Perfil em destaque

Scroll To Top