banner topf

Itens relacionados

segunda, 17 dezembro 2018 10:24

Bronze e cobre para Portugal no Mundial de Surf Adaptado

Campeonato terminou ontem nas ondas da Califórnia… 

 

Marta Paço, atleta invisual de 13 anos, natural de Viana do Castelo, onde é treinada por Tiago Prieto do Surf Clube de Viana, conquistou a medalha de bronze para Portugal no Campeonato Mundial de Surf Adaptado, que terminou este domingo na Califórnia. 

 

Marta Paço competiu na categoria feminina AS-VI, ficando no terceiro lugar da final, atrás da britânica Melisa Reid e da canadiana Ling Pai

 

Ouro - Melisa Reid (Inglaterra)

Prata - Ling Pai (Canadá)

Bronze - Marta Paço (Portugal)

Cobre - Carmen Garcia (Espanha)

 

 

Competiram com Marta no ISA World Adptative Surfing Championship outros dois atletas portugueses: Nuno Vitorino, que conquistou a medalha de cobre na categoria open AS-5, e Camilo Abdula, que ficou em 13.º lugar na divisão AS-1.

 

Open AS-5

Ouro - Freddy Marimon (Colômbia)

Prata - Davi Teixeira (Brasil)

Bronze - Samantha Bloom (Austrália)

Cobre - Nuno Vitorino (Portugal)

 

 

Ao nível de seleções (título coletivo), foi a equipa norte-americana quem acabou por levar a melhor, seguida do Brasil, Chile e Havai. A equipa portuguesa, por só ter três atletas, quedou-se pelo 14.º lugar entre as 24 nações presentes no evento. 

 

Ouro - EUA

Prata - Brasil

Bronze - Chile

Latão - Havai

5 - França

6 - Austrália

7 - Inglaterra

8 - Japão

9 - África do Sul

10 - Canadá

 

“Estamos muito satisfeitos com a nossa prestação neste Mundial. Os três atletas lutaram muito para conseguirem chegar mais longe neste campeonato e estão todos de parabéns. Saímos daqui com o sentimento de dever cumprido”, refere João Aranha, presidente da Federação Portuguesa de Surf.

 

Esta foi a segunda participação portuguesa na competição, que decorreu entre 12 e 16 de dezembro, na praia californiana de La Jolla, nos Estados Unidos.

Perfil em destaque

Scroll To Top