Itens relacionados

quarta, 08 agosto 2018 15:50

A história da prancha de Italo Ferreira no US Open of Surfing

Que foi apanhada na Polen Surf Shop… 

 

As pranchas de surf e o quiver dos melhores surfistas do globo são escolhidos a dedo e são praticamente intocáveis. São as meninas dos olhos de ouro para a elite mundial. 

 

Italo Ferreira, 4.º classificado no ranking mundial, não foge à regra e também ele tem cuidado e é exigente na escolha das suas armas. 

 

O brasileiro, que este ano já venceu dois CT’s, Rip Curl Pro Bells Beach e Corona Bali Protected, é um dos candidatos ao cetro mundial. No entanto, aproveitando o tempo entre o Open J-Bay e o Tahiti Pro Teahupoo, Italo decidiu ganhar ritmo e participar no US Open of Surfing (QS10,000 da Califórnia). 

 

Acontece que a prancha escolhida foi uma Timmy Patterson que o brasileiro apanhou do stock da Polen Surf Shop em Cascais. Nas imagens, em cima, podemos ver Italo a discutir as nuances da prancha com Álvaro Costa, o incansável timoneiro da Polen Surfboards. 

 

Italo Ferreira gostou muito do aspeto da prancha e acabou por fazer a competição no US Open com ela, onde partiu a loiça até se lesionar no Round 5 sendo forçado a sair de prova nos 1/4 de final e com um 5.º lugar na geral. 

 

É bom que se diga que esta não foi uma prancha feita especificamente para o Italo, pois foi uma das pranchas shapeadas pelo shaper aquando da sua última passagem por Portugal e pelo shape room da Polen. As ondas estavam muito pequenas e moles em Huntington Beach, mas, ao optar pela Scorpion, ele conseguiu um drive e flow adicional que o levaram a alcançar pontuações bem altas nos heats em que participou. 

 

Este é um daqueles episódios de bastidores que acabam por fazer a história do mundo do surf. 

Confere as especificações da prancha: 

 

T.Patterson Surfboards

Modelo Scorpion

5'6 x 18.75 x 2.19 x 23.9 L

Swallow tail

FCS-2 Tri 

Mais info aqui

Perfil em destaque

Scroll To Top