Teresa Bonvalot vitoriosa na Austrália Teresa Bonvalot vitoriosa na Austrália WSL quarta-feira, 30 novembro 2022 14:51

Hoje somos todos Bonvalot... Força Teresinha !

Depois de Tiago Pires, e de Frederico Morais, Teresa Bonvalot poderá ser a primeira portuguesa a figurar entre a elite mundial, e que justo seria.

 

Há cerca de 9/10 anos atrás, numa manhã normalíssima nas pontões da Costa da Caparica, pude notar que ao meu lado se encontrava uma rapariga que deveria ter nos seus 13/14 anos, a surfar com um estilo e com uma técnica como eu nunca tinha visto para a sua idade. Junto dela encontrava-se o seu treinador a dar-lhe indicações, que ela cumpria à risca, sem qualquer piedade pela paredes de água que ela com mestria rasgava.

Nunca a tinha visto, e sinceramente também nunca tinha ouvido falar de Teresa Bonvalot, que apesar de minha ignorância era já apontada como uma grande esperança feminina, e conseguia já excelentes resultados nas suas provas.

O seu método de trabalho, e forma como se dedicava no surf, indicavam já, muito precocemente, uma atitude totalmente profissional.

Manuel Gameiro, treinador da jovem surfista, colocou de forma muito explicita os objectivos, numa entrevista dada , após a conquista do seu terceiro título nacional:

“As ambições são mais altas. Teresa quer chegar ao circuito mundial e tornar-se na primeira portuguesa a fazê-lo.”

 

 

E foi com todas esta qualidade e ambição que Teresa chegou a este ano de 2022.

Vinda de uma vitória em Novembro de 2021 no Açores Airlines Pro, o ano começou em excelente forma para Teresa que venceu logo em Março a prova das WSL Qualifying Series, o Seat Pro Netanya, em Israel. Logo de seguida vence em território português o Estrella Galicia Caparica Surf Fest, contra a francesa Maud Le Car na final. Com estas vitórias Teresa lidera o ranking e conquista o titulo European QS Winner feminino, apurando-se para as Challenger Series.

 

Note-se que nunca nenhum surfista português, masculino ou feminino,
conseguiu uma ronda de vitórias internacionais seguidas,
tal como Bonvalot obteve nestas Qualifying Series.

 

Segue-se Maio e o Boost Mobile Gold Coast Pro na Austrália, onde Teresa é eliminada nos 16 avos de final.

Ainda em Maio, também na Austrália, no GWM Sydney Surf Pro a portuguesa vence a prova de forma brilhante, contra a experiente surfista do World Tour Nikki Van Dijk na final.

Em Julho no Ballito Pro, na África do Sul, Teresa chega aos oitavos de final.

Em Agosto, no VANS US Open of Surfing, na Califórnia, a surfista é eliminada logo na ronda inaugural.

Em Setembro Teresa participa nos Mundiais ISA também a Califórnia, onde acaba por contrair uma lesão num joelho, que acaba por colocar a sua presença em causa, e embora a lesão não pareça muito grave, ameaça de alguma forma o resto da época da sua época, sobretudo a prova portuguesa na Ericeira das Challenger Series.

Em Outubro, ainda lesionada, Teresa participa então no EDP Vissla Pro Ericeira, onde chega até aos oitavos de final.

 

Resta então esta última prova o Haleiwa Challenger, em Oahu no Havai, que está a decorrer,
e onde Teresa terá que superar as suas adversárias diretas

 

 

Teresa Bonvalot

Teresa Bonvalot durante o Balito Pro. WSL 

 

Em Novembro, já recuperada, participa no Corona Saquarema Pro, onde consegue mais um excelente resultado alcançado as semi-finais, ficando então na 5a posição do ranking das Challenger series, e dentro do cut de apuramento.

Resta então esta última prova o Haleiwa Challenger, em Oahu no Havai, que está a decorrer, e onde Teresa terá que superar as suas adversárias diretas para poder então garantir um spot entre as 12 melhores surfistas do mundo no Championship Tour do próximo ano.

 

 

Independentemente daquilo que venha a acontecer,
é importante referir que Teresa não está a fazer menos do que um ano brilhante,
histórico até para o surf português.

 

 
Depois de Tiago Pires, e de Frederico Morais, Teresa Bonvalot poderá ser a primeira portuguesa a figurar entre a elite mundial, e que justo seria.

 

E a verdade é que estamos a acompanhara prova online, completamente colados ao sofá, roendo nervosamente as unhas, a torcer pela nossa valente guerreira, pois nunca tanto esteve em jogo. Hoje somos todos Bonvalot! Força Teresinha!

 

Acompanha aqui em directo o Haleiwa Challenger Series 2022

 

 

* Por Alexandre Bettencourt

Itens relacionados

Scroll To Top