quarta-feira, 21 julho 2021 10:46

"Isto está a loucura" - diz Nic Von Rupp sobre a sua viagem à Indonésia

onde se encontra de momento...
 
 
Nic Von Rupp é um surfista que dispensa apresentações. Recentemente, o  surfista da Praia Grande trocou as ondas portuguesas pelas ondas da Indonésia para onde viajou e se encontra neste momento.
Há vários anos que Nic Von Rupp viaja regularmente para esta nação do Sudeste Asiático, mas de todas as viagens que fez à Indonésia nenhuma se compara a esta.
 
 
 
 
 
Nic Von Rupp defrontou-se com burocracias inesperadas para entrar na Indonésia e sofreu um "ataque" em solo indonésio
 
O surfista tem vindo a partilhar as suas aventuras no surf no seu canal de youtube e a sua viagem à Indonésia não está a ser excepção. Após revelar-nos todo o processo burocrático porque teve de passar para entrar em solo indonésio, Nic Von Rupp viveu uma experiência que quase o impediu de desfrutar do primeiro grande swell da temporada Indonésia que atingiu Desert Point. Nic foi atacado por um inseto raro que lhe provocou uma ferida na cara e um inchaço no olho, mas já se encontra bem.
 
 
 
 
 
Nesta entrevista exclusiva à Surftotal, Nic Von Rupp conta-nos como está a viver estes dias na Indonésia e as diferenças que vê em relação aos anos anteriores
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Surftotal: Qual a razão que te levou a escolher a Indonésia como destino, tendo em conta os desafios que ainda existem no que diz respeito a viagens para destinos fora de Portugal?

Nic Von Rupp: A Indonésia é o sonho. Já há vários anos que tenho a tradição de vir para a Indonésia no verão.

 
 

Surftotal: Em que ilha estás e quais os teus planos durante a tua estadia?


Nic Von Rupp: Neste momento estou em Lombok. Supostamente era para ir para Bali e mexer-me à volta de Bali, mas neste momento Bali está em lockdown e aqui em Lombok as coisas estão mais tranquilas e tenho Desert Point por perto. Neste momento estamos em Kuta Lombok, apanhámos altas ondas em Desert há alguns dias atrás e agora vou estar por aqui. Dia 25 acho que já entra um swell grande outra vez, por isso é esse o plano.

 
 
 
 
 
"Ainda não fui a Bali mas aqui em Lombok só vejo restaurantes vazios,
não está cá ninguém."
 
 
 
 


Surftotal: Já vais à Indonésia há muitos anos e em 2020 viste-te impedido de viajar até ao país devido à covid.
Quais as maiores diferenças que sentes na Indonésia em relação aos anos anteriores que viajaste até aí?


Nic Von Rupp: Há muito medo no ar, está difícil de viajar, é preciso um passaporte de vacinas para ir de uma ilha para a outra. Ainda não fui a Bali mas aqui em Lombok só vejo restaurantes todos vazios, não está cá ninguém, ou seja, o turismo está muito limitado.

 
 
 


 
 
 
 
"Essa utopia de surfar Desert Point sozinho, esquece."
 
 



Surftotal: Em relação ao crowd, vês que há menos surfistas dentro de água em relação aos anos anteriores em que foste por esta altura?

Nic Von Rupp: O crowd continua. No outro dia estavam 50 gajos em Desert Point, por isso essa utopia de surfar Desert Point sozinho, esquece. Está um crowd do caraças.

 
 

Surftotal: Recentemente lançaste um vídeo em que referiste que não sabias no que te estavas a meter quando escolheste a Indonésia como destino. Tendo em conta toda a burocracia pedida e o período de quarentena por que tiveste de passar para poder entrar no país, voltarias a fazer o mesmo se soubesses de antemão tudo o que te esperava?

Nic Von Rupp: Pois, quando decidi vir para a Indonésia só era preciso um visto e uma quarentena de 5 dias, não havia cá nada de obrigações de vacinas e testes PCR para apanhar barcos...isto está a loucura. Se eu soubesse que ia ser esta confusão toda provavelmente não tinha vindo. Tinha ideia de fazer umas férias com a minha namorada, ir aos restaurantes e estar tranquilo, e estamos aqui um bocado confinados. É só sair para ir surfar e pronto.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Itens relacionados

Perfil em destaque

Scroll To Top