segunda, 07 outubro 2019 14:50

O HEAT ENTRE FREDERICO MORAIS E JORDY SMITH NO QUIKSILVER PRO FRANCE 2019

Em primeira mão o heat em que Frederico fez levantar o público em La Graviere com um grande tubo!

 

 - FREDERICO MORAIS PÕE O PÚBLICO DE PÉ COM A SUA ONDA QUASE PERFEITA

DE 9.17 PONTOS NA 9ª ETAPA DO CIRCUITO MUNDIAL DE SURF -

 

O Quiksilver Pro France iniciou esta manhã o seu terceiro dia de competição com ondas a rondar um metro a um metro e meio sólido e vento fraco em La Graviere, praia que recebeu o primeiro heat da ronda 3 que contou com o Príncipe Português Frederico Morais e o sul africano Jordy Smith.

Jordy Smith foi o primeiro a abrir as hostilidades do heat com um tubo para a direita que lhe valeu uma pontuação de 5,76 em 10 pontos possíveis tendo repetido o feito aos 35 minutos do heat o que lhe assegurou a sua melhor nota até então de 6,50.

Ao ver o seu adversário muito activo, Frederico Morais usou a sua prioridade e fez a sua primeira onda do heat, um tubo para a direita finalizando com uma batida sólida, mas surpreendentemente o português recebeu apenas um 2,83.

Após a baixa pontuação, Kikas arrancou novamente para a direita dropando atrás do pico e fazendo um tubo sólido que, novamente para surpresa de muitos espectadores, recebeu uma nota baixa em relação às ondas já surfadas pelo surfista sul africano, com um 3.23.

Nesta fase Kikas muda a sua estratégia mantendo-se ativo à procura de oportunidades para dar a volta ao heat, o que tentou ao arrancar numa direita em que realizou dois carves poderosos e que ainda assim só lhe valeu um 3.17.

Aos cinco minutos do final do heat, Jordy Smith arrancou num tubo comprido com saída quase ao pé da areia conseguindo a sua melhor nota de 7,33 pondo o português em combinação.

Após a última onda de Jordy, Kikas não perdeu tempo e mostrou a sua garra apanhando a bomba da manhã em que realizou um tubão gigante pondo o público que assistia na praia de pé fazendo assim a onda da manhã com um 9.17!

Ao chegar ao outside Kikas teve mais uma oportunidade para a esquerda, mas infelizmente ao tentar fazer mais um bom tubo não teve sorte na saída acabando por cair.

Apesar das dificuldades adversas que enfrentou, Frederico Morais não se deixou ir abaixo e com muita raça e força de vontade lutou e mostrou o seu valor com a sua onda pontuada com um quase perfeito 9.17!

No entanto, o seu total de 12.40 pontos em 20 possíveis não lhe asseguraram a passagem à ronda seguinte, lugar ocupado por Jordy Smith ao conseguir um total combinado de 13.83.

Frederico Morais sai assim da 9ª etapa do Championship Tour com um 17º lugar e 1,330 para a sua campanha de qualificação mundial.    

Após a etapa francesa o circuito segue para Peniche, onde de 16 a 28 de Outubro se realiza o MEO Rip Curl Pro Portugal. Apesar de ainda não estar oficialmente confirmado, Frederico Morais deverá conseguir entrada direta na prova portuguesa em virtude de lesões de outros surfistas.

Itens relacionados

Perfil em destaque

vimeo

 

 

Scroll To Top