sexta-feira, 25 junho 2021 16:16

Evento comemorativo Ericeira WSR+10 promove nova conferência a 30 de Junho

Será sobre Economia do Surf a segunda Digital Talk do evento comemorativo do 10º aniversário da Reserva Mundial de Surf da Ericeira...

 

Após o arranque oficial do Ericeira WSR+10, no passado dia 2, o final do mês de Junho ficará marcado pela segunda conferência – dum ciclo de cinco – deste projecto promovido pelo Ericeira Surf Clube (ESC) para celebrar do 10o aniversário da Reserva Mundial de Surf da Ericeira - RMSE. O título desta Digital Talk agendada para o dia 30 de Junho será “Surfonomics”.

As portas da Casa de Cultura Jaime Lobo e Silva abrir-se-ão pelas 13:30 e a conferência, cuja questão central é “Como Potenciar a Criação de Valor Sustentável na Economia Local protegendo os Recursos Naturais da Reserva Mundial de Surf da Ericeira?”, terá início pelas 14 horas.

 

 

Uma iniciativa dividida em duas partes por um "Surf-Break"

A iniciativa, dividida em dois momentos, será realizada num formato misto – entre o presencial e o digital, com transmissão pelo Facebook do ESC – e contará com um rol alargado de especialistas.

Na primeira parte desta sessão, que durará cerca de uma hora e meia, irão intervir Hugo Moreira Luís (Vereador da Câmara Municipal de Mafra nas áreas da Gestão Financeira, Gestão do Património Municipal, Licenciamentos e Coordenação com Empresas Locais), Miguel Toscano (Director do Departamento de Inovação e Redes Colaborativas do ESC), Patrícia Araújo (Directora de Marketing e Vendas da BIOSPHERE Portugal), Álvaro Sardinha (Founder e CEO da ECONOMIAAZUL) e Sandra Silva, Directora de Serviços de Programação da Direcção-Geral de Política do Mar.

 

 

 

"quatro ideias-chave marcam a fase inicial da Digital Talk"

 

 

 

Existirão quatro ideias-chave nesta fase inicial da Digital Talk: Reforçar a centralidade do surf no processo de desenvolvimento socioeconómico local e a sua relevância para o desenvolvimento sustentável da RMSE e para o concelho de Mafra como destino turístico sustentável; Criar uma cultura de sustentabilidade dentro do ecossistema empreendedor e na comunidade local; O poder da Inovação e da Nova Economia Azul para aumentar a capacidade competitiva do ecossistema empreendedor local; Estratégia de especialização inteligente e de eficiência colectiva alavancada em parcerias e soluções de financiamento europeu para apoiar os projectos de desenvolvimento sustentável a realizar na economia local e na RMSE.

Um “Surf-Break” separará a primeira parte desta conferência (que terá um carácter mais expositivo, permitindo aos oradores apresentarem a sua visão, modelos de intervenção e desafios para 2030) da segunda parte, que se desenrolará em duas mesas redondas de reflexão e debate com agentes económicos locais.

 

 

O objetivo deste período complementar é fazer um balanço dos últimos 10 anos e obter uma visão de futuro sobre o contributo do Surf para o desenvolvimento económico local e como a marca “Reserva Mundial de Surf da Ericeira” pode ser importante para a criação de mais valor para os negócios, sempre numa perspetiva de inovação contínua com processos de produção mais sustentáveis e matérias-primas endógenas, sem esquecer o desenvolvimento de novas competências e vantagens competitivas com impacto social, humano e, principalmente, territorial com a produção de externalidades positivas no meio-ambiente.

 

A segunda parte contará com a presença de várias personalidades do meio para uma reflexão e discussão

Esta segunda parte da conferência contará com dois “heats” (rondas) de reflexão e discussão com agentes económicos que representam o ecossistema empreendedor da economia local. O moderador será o jornalista João Valente – JV Contents & Media, fundador da revista SurfPortugal.

 

 

 

"Qual o Contributo das marcas para o Desenvolvimento Sustentável?

 

O Poder Transformador das Marcas"

 

 

 

O primeiro heat será “disputado” por Pedro Soeiro Dias (Director de Marketing da Despomar), Nuno Príncipe (Director de Marketing da Semente Surfboards), José Gregório (Country Manager da Boardriders), Nuno Ribeiro (CEO da Boardculture) e Ricardo Raposo (CEO da Liberty Walk), que farão um balanço dos últimos 10 anos e irão partilhar visões para a próxima década, sob o mote “Qual o Contributo das marcas para o Desenvolvimento Sustentável? O Poder Transformador das Marcas”.

O segundo heat pretende abrir uma discussão sobre “Como criar mais Valor Sustentável na Fileira do Surf Local? A visão dos Operadores Locais”. Alexandre Grilo (CEO da Lapoint Portugal), José Farinha (CEO da Chill Hill Hostels), Eunice Paulo (Directora Geral da Tour One Agência de Viagens) e Daniel Fonseca (Director de Obra da Woodhouses) serão os protagonistas desta conversa.

 

 

 

"Como criar mais Valor Sustentável na Fileira do Surf Local? A visão dos Operadores Locais"

 

 

 

De acordo com Miguel Toscano, responsável pela organização desta conferência, os grandes objectivos da iniciativa são os seguintes: “conjuntamente com as marcas e os operadores da fileira da economia do surf local, fazermos um balanço sobre o impacto do surfing na criação de valor para o seu negócio, para a comunidade e para o território, reforçando a centralidade do desporto como alavanca de desenvolvimento económico, social, ambiental e territorial. Mas também queremos, com olhos no futuro, que partilhem a sua visão sobre oportunidades, desafios, apoios que necessitam e qual o caminho que devemos percorrer nos próximos 10 anos para que o processo de desenvolvimento económico seja o mais partilhado possível entre todos e sustentável, com vista a protegermos o património natural, o ecossistema e a biodiversidade marinha da Reserva Mundial de Surf da Ericeira, mantendo as suas características únicas para usufruto das gerações vindouras."

 

 

 

"será a segunda Digital Talk de um ciclo de cinco, até Novembro"

 

 

 

O encerramento da “Surfonomics” Digital Talk está marcado para as 18 horas. Após esta segunda conferência, estão previstas mais três no âmbito do EWSR+10: “A RMSE & o Turismo”, a 20 de Julho; “A RMSE & o Desporto e a Actividade Física”, a 23 de Setembro; e ainda “A RMSE & a Sustentabilidade” no dia 8 de Novembro.

Este projecto, que resulta duma candidatura do ESC ao programa Erasmus+Sport da Comissão Europeia, terá alguns dos seus momentos mais marcantes na semana de 14 de Outubro de 2021, data da consagração da Ericeira como Reserva Mundial de Surf, com um evento que contará com a presença de 11 comitivas de parceiros europeus.

A Reserva Mundial de Surf da Ericeira é a única existente no continente europeu, integrando uma rede global sob a tutela da Save the Waves Coalition, associação internacional que criou este programa com o objectivo de preservar e promover regiões costeiras com ondas de qualidade ímpar – na Ericeira trata-se duma faixa costeira de 13 quilómetros que inclui sete ondas de características únicas (Pedra Branca, Reef, Ribeira d’Ilhas, Cave, Crazy Left, Coxos e São Lourenço), as respectivas paisagens e ecossistemas. As entidades Guardiãs da RMSE são a Câmara Municipal de Mafra, o Ericeira Surf Clube, a Associação dos Amigos da Baía dos Coxos e a SOS – Salvem o Surf.

O Ericeira WSR+10 é um evento promovido pelo Ericeira Surf Clube e financiado pela Comissão Europeia, contando com o apoio do Município de Mafra.

 

Todas as informações relevantes sobre o Ericeira WSR+10 podem ser consultadas online, no site oficial do evento e nas respectivas redes sociais.

 

 

Itens relacionados

Perfil em destaque

Scroll To Top