sexta-feira, 25 outubro 2019 07:46

ETAPA PORTUGUESA DO CT ENTRA NO QUINTO DIA CONSECUTIVO DE PAUSA

Em Peniche...

Um quinto dia consecutivo de pausa foi convocado no MEO Rip Curl Pro Portugal, a penúltima etapa do Championship Tour (CT) da World Surf League (WSL) de 2019, que continua a sofrer as consequências da falta de swell em Peniche.

“Não vamos retomar a competição esta manhã, ainda estão condições realmente pequenas ", disse Jessi Miley-Dyer, vice-presidente de turismo e competição. "Estamos a ver um aumento do swell amanhã e domingo, então a próxima chamada será em Supertubos amanhã e há uma possibilidade muito boa de disputarmos pelo menos os quartos-de-final masculinos e femininos."

A pressão continua a intensificar-se à medida que o dia da final se aproxima em Peniche.

O MEO Rip Curl Pro Portugal, etapa nº 9 e 10 do Campeonato Feminino e Masculino, respectivamente, decidiu os quartos-de-final no Domingo e foi adiado todos os dias desde então.

 

Com a chocante eliminação do campeão mundial, Gabriel Medina (BRA) na ronda 4, surge uma incrível oportunidade para Filipe Toledo (BRA), Jordy Smith (ZAF), Italo Ferreira (BRA) e Kolohe Andino (EUA), respectivamente, em 2º para o quinto lugar no ranking da WSL, de irem mais longe Peniche e agitar a tabela do ranking. Toledo pode até ultrapassar o seu compatriota e deixar Portugal a vestir a licra amarela com uma vitória esta semana. Podes ver as contas para a líderança do ranking após a etapa portuguesa na análise exclusiva da Surftotal aqui.

No lado feminino, Carissa Moore (HAW) está no topo do ranking, com uma forte vantagem sobre as suas oponentes.

A 3x Campeã Mundial ainda tem a oportunidade de conquistar o Título Mundial em Peniche,  sendo os cenários da corrida ao título os seguintes:

 

1- Carissa Moore conquistará o título se avançar para a Semifinal (3º) E:

  - Lakey Peterson perder na, ou antes da, Final (9º)

  -  Sally Fitzgibbons perder na, ou antes da, Final (2ª) E

  - Caroline Marks perder na, ou antes da, Semifinal (3º)

 

 2- Carissa Moore conquistará o título se avançar para o FINAL (2º) E

   - Lakey Peterson perder antes ou nos Quartos-de-Final (5º)

   -  Caroline Marks perder na, ou antes da, Final (2º)

 

 3- Carissa Moore conquistará o título se ganhar (1º) o evento E                                                

    Lakey Peterson perder na, ou antes da, Semifinal.

 

Lakey Peterson (EUA), Sally Fitzgibbons (AUS) e Caroline Marks (EUA), respectivamente de 2º a 4º lugar no ranking, avançaram para os quartos-de-final e farão todo o possível para levar a decisão do título no Hawaii Pro em Maui em Novembro.

 

A próxima chamada para o MEO Rip Curl Pro Portugal será Sábado, 26 de Outubro às 7:30 da manhã, na Praia dos Supertubos.

 

Perfil em destaque

Scroll To Top