Miguel Blanco destacou-se no dia inaugural da última etapa da Liga. Miguel Blanco destacou-se no dia inaugural da última etapa da Liga. Foto: Pedro Mestre/ANSurfistas

Itens relacionados

quinta, 04 outubro 2018 18:56

Decisão do título nacional inicia em ondas difíceis 

Resumo do 1.º dia do Bom Petisco Cascais Pro, no Guincho….

 

Teve início esta quinta-feira o Bom Petisco Cascais Pro, quinta e última etapa da Liga MEO Surf 2018, que vai definir o campeão nacional masculino de surf. O dia inaugural da etapa cascalense ficou marcado pela eficácia dos sete surfistas que ainda estão na luta pelo título, uma vez que todos conseguiram vencer os respetivos heats na ronda inaugural.

 

Todas as fotos de Pedro Mestre/ANSurfistas

 

Apesar das dificuldades sentidas perante o mar pequeno, os sete candidatos ao título não vacilaram e avançaram para a 2.ª ronda, tornando ainda a disputa pelo título mais renhida. No entanto, Miguel Blanco foi o surfista em maior destaque entre todos os concorrentes, uma vez que conseguiu a melhor performance do dia inaugural deste Bom Petisco Cascais Pro, graças a um score de 13,00 pontos. Vasco Ribeiro (11,35), que chega a esta etapa na frente da luta pelo título, e Filipe Jervis (10,75) foram outros dois surfistas em destaque.

 

 

As grandes surpresas do dia acabaram por ser as vitórias de alguns jovens surfistas, como foram os casos de Afonso Antunes (10,60) e Martim Paulino (11,15). Por outro lado, as eliminações de Francisco Alves e João Guedes, ambos cabeças-de-série, foram algumas das surpresas pela negativa.

 

Ao final do dia disputou-se ainda a ronda inaugural feminino, com Teresa Bonvalot, Mafalda Lopes, Yolanda Sequeira, Camilla Kemp, que já garantiu o título nacional de forma antecipada, Carol Henrique e Camila Cardoso a serem as vencedoras do dia.

 

Para sexta-feira a chamada vai ser feita novamente às 8 horas, para um dia que se prevê determinante para as contas do título. 

 

Acompanha a ação em www.ligameosurf.pt  

 

Perfil em destaque

Scroll To Top