banner topf
Basco Aritz Aranburu levou a melhor na quinta edição da prova. Basco Aritz Aranburu levou a melhor na quinta edição da prova. Foto: Pikas Photography

Itens relacionados

segunda, 31 outubro 2016 16:40

ARITZ ARANBURU VENCE ALLIANZ CAPÍTULO PERFEITO POWERED BY QUIKSILVER

A Praia do Norte vestiu-se à altura para receber prova especial… 

 

Terminou há momentos a 5.ª edição do Allianz Capítulo Perfeito powered by Quiksilver. A Praia do Norte vestiu-se de gala nesta tão aguardada segunda-feira, dia 31 de outubro, onde se registaram ondas entre os dois e os três metros. 

 

Na final, de 40 minutos de duração, foi o basco Aritz Aranburu quem se destacou e mais brilhou, levando assim o primeiro de 10 mil euros correspondente ao primeiro lugar. O ex-competidor da WSL e do World Tour debitou uma onda de 9.00 pontos e uma outra de 7.75 para levar de vencida esta tão especial competição onde, como se sabe, os tubos são o que mais se procura.

 

*Aritz Aramburu num dos tubos que lhe deram a vitória

A experiência e a técnica de Aranburu a fazerem a diferença ao longo do dia, totalizando um score de 16.75 pontos, naquela que se pode considerar a melhor edição de sempre do Capítulo Perfeito. Aritz, que fez parte da "euroforce" e que tem uma ligação muito especial com Portugal, remeteu o norte-americano Balaram Stack para o segundo lugar, com 16.50 pontos. De destacar que Balaram ainda registou uma onda de 9.70 pontos na final, mas ficou a faltar uma segunda onda forte que o levasse para o primeiro lugar. 

 

O porto-riquenho Dylan Graves terminou no terceiro lugar, com 15.25 pontos, enquanto Gabe Kling, dos Estados Unidos, acabou a sua participação neste evento internacional em quarto lugar com 11.15 pontos. 

 

No que diz respeito à armada portuguesa, Ruben Gonzalez, João Guedes e Francisco Alves foram os que chegaram mais longe nas ondas da Nazaré, alcançando brilhantemente as meias finais. Francisco Alves acabou mesmo por se tornar o melhor atleta luso em prova ao terminar a primeira meia final em terceiro lugar, o que em termos gerais significa um 5.º lugar final. 

 

O brasileiro Bruno Santos, que venceu a última edição, ficou-se pela ronda 3, não conseguido superar os seus adversários numa altura difícil da maré. O amigo Pedro Scooby venceu a bateria e o porto-riquenho Dylan Graves terminou em segundo lugar e assim também qualificado para as meias finais. 

 

À última hora, por motivos vários, a organização viu-se forçada a várias alterações no heat draw, mas as substituições correram bem uma vez que todos eles alcançaram a final. Assim, Nic von Rupp, Tiago Pires, João Guedes, Francisco Alves, Marlon Lipke, Alex Botelho, Pedro Scooby, Bruno Santos, Bruno Grilo, Felipe Cesarano, Eric Rebiere, Ruben Gonzalez, Aritz Aranburu, Gabe Kling, Dylan Graves e Balaram Stack foram os dezasseis surfistas que construíram o elenco final. Parabéns a eles pela atitude e pelo dia diferente que nos proporcionaram nas ondas da Praia do Norte. 

 

A título de registo, a nota mais alta do evento ficou por conta do basco Aritz Aranburu (9.80 pontos). Os vencedores dos prémios especiais foram Aritz Aranburu (melhor tubo e melhor score), Bruno Santos (maior wipeout), Nic von Rupp (melhor claim), Pedro Scooby (eliminação com o score mais alto) e ainda o troféu especial Ricardo dos Santos Atitude que foi entregue a Balaram Stack. 

 

Ao final do dia, o surfista basco, que dedicou a vitória à namorada, era um homem feliz: "Foi um dia incrível. Os tubos é o que nós, surfistas, mais gostamos. E este é o tipo de eventos que nos encanta, sem haver rankings ou classificações à mistura. Desde as primeiras horas da manhã que senti muita humildade entre todos os envolvidos e as coisas acabaram por correr bem. Muito obrigado à Nazaré e a Portugal!"

 


Perfil em destaque

Scroll To Top