Itens relacionados

quarta, 02 outubro 2013 00:00

LA GRAVIERE DE LUXO PARA A TERCEIRA RONDA EM FRANÇA

Depois de vários dias sem ondas, a prova voltou a entrar em acção com ondas incríveis

Valeu a pena a espera. Depois de dias consecutivos de descanso para os melhores surfistas do mundo, a competição recomeçou com condições excelentes. Com ondas a rondar os 2 metros e tubos para a esquerda e direita, os top mundiais tiraram o maior partido das condições e fizeram-no com grandes manobras, tubos profundos, pontuações altas e muita emoção.

Os principais candidatos ao título, sem muito brilho nas suas prestações, avançaram para a ronda seguinte e continuam a batalha pelo título mundial. Taj Burrow eliminou Alejo Muniz na bateria inaugural da ronda; Joel Parkinson superiorizou-se a Patrick Gudauskas, com um bom score de 15,16 pontos; Mick Fanning tremeu para eliminar o wildcard Ramzi Boukhiam, Ramzi que fez um dos melhores tubos do dia; Kelly Slater também passou com uma margem baixa, eliminando outro wildcard, o Basco Aritz Aranburu; por fim, Jordy Smith esteve muito melhor que o seu adversário, o especialista em tubos Kieran Perrow, e também prosseguiu para a quarta ronda.

Uma das grandes surpresas da ronda viria a ser a eliminação precoce do atleta da casa, Jeremy Flores, numa bateria em que nada pode fazer contra o rookie Filipe Toledo. O brasileiro teve uma prestação impressionante e alcançou a nota mais alta do dia com um alley-oop altíssimo, que lhe valeu um 9,97, nota que viria a juntar ao seu 8,50 de um bom tubo para completar a segunda melhor pontuação total do dia, 18,47 pontos.

Michel Bourez, outro dos atletas "da casa", também mostrou porque é um alvo a abater na prova e com uma onda de 9,73 pontos, nota alcançada com um fantástico tubo para a direita, e uma segunda onda de 7,00 pontos, despachou o norte-americano Kolohe Andino que não foi além dos 9,50 pontos na combinação das duas ondas.

Gabriel Medina e Adrian Buchan foram os protagonistas da bateria mais disputada da ronda. O prodígio brasileiro foi o justo vencedor da bateria e alcançou um óptimo total de 17,87 pontos contra os 16,40 pontos do australiano, ex vencedor da prova.

Houve ainda tempo para um bateria da quarta ronda e, que bateria! Um alucinante término de prova que opôs Taj Burrow, Kai Otton e Joel Parkinson. Resultado: o 3º lugar, que ficou entregue a Taj, foi eliminado com um modesto total de 17,50 pontos!
Com um par de 9's altos (score total de 19,17 pontos), Kai Otton destacou-se dos seus compatriotas e avançou directamente para os quartos de final.
Joel Parkinson, que também conseguiu um impressionante total de 17,80 pontos, junta-se assim a Taj Burrow na ronda 5 da prova.

A luta pelo título mundial aquece e a prevêem-se boas condições para os próximos dias da competição!

O check-in para amanhã está marcado para as 7h45 locais.

Continua a seguir esta emocionante prova através do link ou aqui, nos resumos diários da tua SurfTotal.

Perfil em destaque

Scroll To Top