Selecção Nacional de SUP 2022 Selecção Nacional de SUP 2022 FPS sábado, 03 setembro 2022 21:16

Portugal fica na 5ª posição no Eurosup 2022 e lança bases para o futuro

Portugal terminou hoje a sua participação no EuroSUP 2022 da Dinamarca....

 

Técnico Ricardo Rodrigues projeta sucesso

“Portugal tem de lutar pelo ‘top 3’”

 

 

Portugal terminou hoje a sua participação no EuroSUP 2022 da Dinamarca com a estafeta de equipas, e embora não tenha chegado à final, alcançou o quinto lugar da geral com 7 medalhas: duas de prata, quatro de bronze e uma de cobre.

 

França foi a vencedora da competição, com Espanha e Itália em segundo e terceiro e a anfitriã Dinamarca em quarto.

 

O quinto lugar deixou a comitiva nacional muito satisfeita, sobretudo se se tiver em conta o facto de esta ser uma Seleção Nacional muito jovem, construída de raiz pelo técnico Ricardo Rodrigues, no seu primeiro compromisso ao serviço da Federação Portuguesa de Surf (FPS).

 

Uma aposta ganha, diz João Aranha, presidente da FPS e líder da comitiva:

 

“Este quinto lugar traduz a vitória desta aposta na renovação, com um novo treinador que nos deu resultados excelentes. Sermos quintos entre as melhores seleções da Europa dá-nos muita confiança para o futuro da modalidade em Portugal.”

 

Ricardo Rodrigues, por seu turno, além de partilhar a satisfação do líder federativo e dos seus atletas, faz um balanço positivo mas sem recusar um olhar mais ambicioso para o futuro:

 

“Na partida para este Europeu, pensei que seria muito difícil estar nos sete primeiros. Não temos uma equipa completa, faltava-nos uma atleta feminina nas ondas e mais uma atleta para o SUP Race. Olhando agora em retrospetiva, isso dar-nos ia mais uns pontos para chegar ao quarto lugar. Seja como for, o mais importante era chegar aqui, criar um padrão, referências e perceber o nosso lugar no contexto europeu. Já tivemos um terceiro no passado, mas tendo em conta que temos uma Seleção completamente renovada, o quinto lugar é excelente.”

 

E o técnico projeta agora o futuro: “Vamos, a partir daqui criar uma base de trabalho para ainda melhores resultados no futuro. Há uma margem de progressão grande, quer dos atletas aqui presentes, quer do grupo, com a inclusão de outros valores. Portugal tem de ser uma equipa para lutar pelo “top 3”. Não temos os recursos de França ou Itália, mas temos gente nova e condições excelentes. Mas estamos muito contentes, a equipa esteve unida e forte em todos os momentos, desde os atletas até ao presidente. E isso foi fundamental.”

 

 

 

Para mais resultados e informação, pode aceder a www.eurosurfing.org

 

 

 

 

 

A SELEÇÃO NACIONAL

Sup Race Open

Longa distância

Verónica Silva (Clube Naval do Funchal)

Tomás Lacerda (Clube Naval do Funchal)

Paulo Freitas (Ludens Clube do Machico)

Race Técnico

Verónica Silva (Clube Naval do Funchal)

Leonor Jardim (Centro de Treino de Mar)

Tomás Lacerda (Clube Naval do Funchal)

Paulo Freitas (Ludens Clube do Machico)

Sprints

Verónica Silva (Clube Naval do Funchal)

 Leonor Jardim (Centro de Treino de Mar)

 Tomás Lacerda (Clube Naval do Funchal)

Paulo Freitas (Ludens Clube do Machico)

Sup Race Júnior

Longa Distancia

Leonor Jardim (Centro de Treino de Mar)

Guilherme Olim (Ludens Clube do Machico)

Race Técnico

Leonor Jardim (Centro de Treino de Mar)

Guilherme Olim (Ludens Clube do Machico)

Sprints

Leonor Jardim (Centro de Treino de Mar)

Guilherme Olim (Ludens Clube do Machico)

Sup Wave Open

Verónica Silva (Clube Naval do Funchal

Ruben Afonso (Clube Naval de São Vicente)

Carlos Fidalgo (Península de Peniche Surf Clube)

Sup Wave Júnior

Joana Andrade (Clube Naval de São Vicente)

Guilherme Olim (Ludens Clube do Machico)

Itens relacionados

Scroll To Top