Teresa Bonvalot Teresa Bonvalot WSL / Tostee quarta-feira, 10 agosto 2022 08:13

World Surf League reduz o número de atletas no Challenger Series 2023

Aumento do prize-money é outra alteração da WSL.

 

 

Na passada terça-feira, dia 9 de Agosto, a WSL anunciou que fará algumas alterações no funcionamento do Challenger Series para 2023. O Challenger Series é o circuito onde os atletas lutam por uma vaga no CT, e, este ano, a próxima etapa começa a 1 de Outubro, na Ericeira. 

Uma das alterações anunciadas é a redução do número de atletas a competir no circuito. Actualmente, são 96 homens e 64 mulheres, e, na temporada de 2023, serão 80 homens e 48 mulheres. Esta alteração liga-se com outra, que já tinha sido anunciada: os atletas do CT que se mantiverem na elite depois do mid-season cut já não serão obrigados a competir em dois eventos do Challenger Series. Poderão, no entanto, candidatar-se a um wildcard, se assim entenderem. 

Outra novidade será o aumento do prize-money na próxima temporada, sendo que, tal como nos restantes circuitos da WSL, homens e mulheres receberão o mesmo valor. Mais detalhes sobre este aspecto serão dados em breve. 

 

Assim, as vagas do Challenger Series 2023 serão distribuídas da seguinte forma:

- 12 homens e 7 mulheres do CT que foram eliminados da elite pelo mid-season cut

- 10 homens e 5 mulheres do ranking do ano anterior do Challenger Series

- 3 homens e 2 mulheres do CT que não se requalificaram para o CT ou para o Challenger Series

- 49 homens e 30 mulheres de cada uma das sete regiões da WSL (Europa, Austrália/Oceania, Ásia, África, Havai/Tahiti, América do Norte e America Latina)

- 2 campeões mundiais Júnior

- 5 homens e 3 mulheres convidados

 

Toda a informação pode ser encontrada neste link.

 

 

 

Scroll To Top