Será que há Greenwashing na Indústria do surf ? - Como identificar um produto amigo do ambiente ? news18.com/news/ sexta-feira, 22 julho 2022 09:10

Será que há Greenwashing na Indústria do surf ? - Como identificar um produto amigo do ambiente ?

Será que as Marcas nos estão a enganar ?...

 

 

Cada vez mais as marcas preocupam-se em garantir aos seus consumidores que os seus produtos têm o mínimo impacto negativo possível no ambiente. Muitas se reinventaram completamente para cumprir determinadas metas, e, dentro do surf, onde a consciência do público em relação às questões ambientais é ainda maior, muitas marcas lideram com bom exemplo. Mas nem sempre as coisas são como parecem.

Especificamente dentro da indústria do surf, vemos marcas a fazer declarações como “esta prancha é a menos poluente do mercado”, “este fato é o menos nocivo para o ambiente” ou “esta roupa é a mais amiga do planeta”.

Serão mesmo?

Não há dúvidas de que entre as inúmeras marcas que anunciam esforçar-se para diminuir o seu impacto ambiental, algumas realmente cumpram com o que dizem. Mas quantas delas se aproveitam da boa vontade e desconhecimento do consumidor? E como podemos identificá-las?

 

 

Já ouviste falar de Greenwashing?

 

É o termo que se usa para descrever a apropriação por parte das marcas de uma imagem aparentemente amiga do ambiente, quando na verdade o impacto ambiental do produto continua a ser negativo. Pode ser muito difícil distinguir as marcas que de facto são sustentáveis e aquelas que apenas levantam essa bandeira, sem agir – além de que esta prática coloca toda a responsabilidade em cima do consumidor, e retira toda a responsabilidade da indústria.

Ainda assim, é possível evitar esta armadilha, e o conhecimento, como sempre, é a melhor estratégia. O vídeo abaixo dá algumas dicas sobre detalhes aos quais podemos estar atentos para de facto podermos consumir de forma mais consciente, e apoiar as marcas de surf que verdadeiramente se preocupam com os nossos oceanos e o nosso planeta.

 

 

 

 

 

Destacar a qualidade e esconder os problemas

 

O primeiro “truque” usado por muitas marcas que o vídeo evidencia é o chamado “hidden trade-off”, em que uma marca publicita apenas um aspecto, aparentemente positivo do ponto de vista ambiental, ao mesmo tempo que oculta vários outros, possivelmente mais nocivos e preocupantes.

 

 

Onde estão as provas?

 

Devemos também ter o cuidado de procurar os factos por trás das declarações das marcas. Este cuidado é particularmente importante quando se fala de marcas de surf, pois tantas delas declaram que os seus produtos são amigos do ambiente, e, mais ainda, muitas delas usam superlativos – “a marca mais amiga”, “o material menos nocivo”, “o menor impacto” de todo o mercado.

Na prática, sabemos que a produção de material de surf como pranchas e fatos sempre foi extremamente poluente, e que a indústria da moda (dentro e fora do surf) costuma ter pouco de sustentável.

Por isso, quando vemos declarações deste tipo, há que perguntar: há como provar que tudo isso é verdade? Que pesquisas foram feitas, e por quem? Onde está essa informação?

 

 

 

 

 

Palavras vagas

 

A marca que estás a comprar é verde? Amiga do ambiente? Sustentável?

Muito bem, mas o que é que isso significa?

Uma estratégia utilizada pelas marcas é utilizar palavras que, apesar de cada vez mais populares entre aqueles que se preocupam com o ambiente, são algo vazias de significado. Isso dá segurança suficiente ao consumidor para acreditar que está a fazer uma boa compra, sem que a marca tenha que se comprometer com nada em específico. 

 

Estas são apenas algumas das dicas partilhadas pelo canal de Youtube AsapSCIENCE, sendo que a conclusão geral do vídeo é que, quanto mais informados estivermos, melhor nos podemos defender contra estas estratégias, e melhor podemos defender o ambiente.

Que outras dicas conheces para identificar casos de greenwashing dentro da indústria do surf?

Perfil em destaque

Scroll To Top