Alemão de Maresias, o piloto de jet-ski que guiou Sebastien Steudtner rumo ao recorde mundial Pablo Garcia segunda-feira, 30 maio 2022 13:19

Alemão de Maresias, o piloto de jet-ski que guiou Sebastien Steudtner rumo ao recorde mundial

Está entre os melhores pilotos do mundo e é o favorito de vários big riders. 

 

 

O seu nome é Edilson Assunção, mas todos o conhecem como o Alemão de Maresias. Com mais de 30 anos de experiência no universo do surf de ondas grandes, está entre os melhores pilotos de tow-in do mundo, tendo já recebido prémios como o de maior comprometimento com os surfistas, pela WSL, em 2020, e é o coordenador de segurança aquática da Nazaré.

Em 2020, foi convidado por Maya Gabeira para ir para a Nazaré, ser o piloto de Maya e de Sebastien Steudtner. Uma coisa leva a outra, e foi ele quem puxou Steudtner para a onda que bateu o recorde de maior onda alguma vez surfada, na Nazaré, com 26,21 metros de altura. 

"Nesse dia do recorde, passamos umas seis horas no mar [...] quando vislumbrei a possibilidade de [a onda] ser a maior onda surfada no dia", explica. “O Sebastian apanhou umas oito ou dez ondas, mas essa, em particular, que gerou o recorde, vinha no inside, e eu, em alta velocidade para conseguir chegar à parte boa da onda, fiz um sinal para ele avisando que faria uma curva para lançá-lo [...].Ele entendeu, conseguiu apanhar a onda e eu só fiquei a torcer para que tudo desse certo e que o Sebastian tivesse a perfeição que o levasse a concluir a onda, como foi o que aconteceu”, conta o brasileiro."

 

 

Pablo Garcia

 

 

Além do seu trabalho com Sebastien e Maya, o Alemão de Maresias trabalha também com nomes como Garrett McNamara, Pedro Scooby, Lucas Chumbo, Italo Ferreira e Gabriel Medina. Em 2021/2022, integrou por cerca de três meses a equipa de Garrett McNamara, aquando da série documental que o big rider está a desenvolver, chamada 100 Foot Wave. 

“Além de trabalhar com grandes atletas do tow-in do Brasil e do mundo, ter sido convidado para integrar o projeto do McNamara me deixou muito satisfeito. Considero como um reconhecimento ao meu trabalho que comparo com ganhar o recorde mundial", confessa. 

 

 

 

Scroll To Top