Foto: Jeremiah Klein Foto: Jeremiah Klein
segunda-feira, 13 setembro 2021 07:50

Rip Curl WSL Finals poderá ser disputada hoje em Trestles

Pelas 15:00 Portuguesas. WSL colocou o evento em Alerta Amarelo...
 
 
 
Títulos mundiais masculinos e femininos serão disputados no mesmo dia e serão atribuídos prémios monetários iguais
 
A World Surf League (WSL) colocou o evento final que decide o título de campeão mundial, a Rip Curl WSL Finals, em Alerta Amarelo para um provável início hoje, dia 13 de setembro.
A previsão em Lower Trestles, San Clemente, Califórnia, parece muito promissora para o evento de um único dia e os 5 finalistas masculinos e femininos estão prontos para se enfrentarem na luta pelo título mundial. 
Pela primeira vez na história, os homens e as mulheres vão competir no mesmo local neste evento de um dia onde o vencedor leva tudo para decidir os campeões mundiais de 2021. 
 
Às 15:00 (no horário de Portugal) será realizada uma teleconferência oficial e a competição poderá começar às 16:00.
 
 


A declaração de Jessi Miley-Dyer, vice-presidente sénior de Tours da WSL e chefe da competição, ontem

“Não estamos ON por hoje, mas estamos a entrar num Alerta Amarelo para um possível começo amanhã. Estava à espera para dizer estas palavras já há algum tempo, por isso estou muito animada. O Alerta Amarelo é acionado 24 horas após a data em que pensamos que iremos começar, então basicamente isto sou eu a dizer que achamos que amanhã pode ser o dia! "
 
 
 
 
 
 


Carissa Moore e Ítalo Ferreira poderão fazer história na Final

Todos os olhos estarão voltados para as Rip Curl WSL Finals e para os melhores surfistas do mundo, incluindo os medalhistas de ouro olímpicos Ítalo Ferreira (BRA) e Carissa Moore (HAW). Ambos têm a possibilidade de ganhar títulos mundiais consecutivos e fazer história ao ganharem o ouro olímpico e tornarem-se campeões mundiais no mesmo ano. 
 
Os líderes do ranking masculino e feminino, Gabriel Medina e Carissa Moore, terão uma grande vantagem sobre os outros competidores na Final, já que serão colocados diretamente no Title Match, um confronto de melhor de três onde o primeiro surfista a vencer dois dos três heats torna-se o campeão mundial de 2021. Stephanie Gilmore (AUS) também lutará para se tornar a campeã mundial deste ano, o que marcaria seu 8º título mundial.

Os surfistas restantes entrarão na competição da Rip Curl WSL Finals com base nas suas classificações no ranking.
 
 
 
 
Os Match-Ups da Rip Curl WSL Finals:
 
  • Match 1 Feminino: Stephanie Gilmore (AUS) x Johanne Defay (FRA)
  • Match 1 Masculino: Conner Coffin (EUA) vs Morgan Cibilic (AUS)
  • Match 2 Feminino: Sally Fitzgibbons (AUS) x Vencedora do match 1
  • Match 2 Masculino: Filipe Toledo (BRA) vs Vencedor do match 1
  • Match 3 Feminino: Tatiana Weston-Webb (BRA) x Vencedora do match 2
  • Match 3 Masculino: Ítalo Ferreira (BRA) vs Vencedor do match 2
  • Title Match Feminino, Heat 1: Carissa Moore (HAW) x Vencedora do match 3
  • Title Match Masculino, Heat 1: Gabriel Medina (BRA) x Vencedor do match 3
  • Title Match Feminino, Heat 2: Carissa Moore (HAW) x Vencedora do match 3
  • Title Match Masculino, Heat 2: Gabriel Medina (BRA) x Vencedor do match 3
  • Title Match Feminino, Heat 3 (se necessário): Carissa Moore (HAW) x Vencedora do match 3
  • Title Match Masculino, Heat 3 (se necessário): Gabriel Medina (BRA) vs vencedor do match 3
 
 
 
 
 

Perfil em destaque

Scroll To Top