sexta-feira, 18 junho 2021 07:49

Surf Ranch Pro, a sexta etapa do CT, arranca hoje às 15:30

Frederico Morais compete às 22:20 no horário de Portugal...

 

Os melhores surfistas do mundo estão de volta à Califórnia para uma competição de três dias nas ondas perfeitas do Surf Ranch em Lemoore para o Jeep Surf Ranch Pro, que começa hoje, 18 de junho, e vai até 20 de junho de 2021.

 

 

A competição é o último evento da World Surf League (WSL) antes da estreia olímpica do surf em Tóquio e a sexta etapa do Championship Tour (CT)

 

A quatro vezes campeã mundial Carissa Moore e bicampeão mundial Gabriel Medina lideram o ranking para este evento e irão lutar por continuar o seu domínio com bons resultados.

 

 

 

A declaração de Carissa Moore:

“Competir no Surf Ranch é completamente diferente porque elimina todas as variáveis. Há muita pressão aqui, já que sabemos exatamente quantas ondas vamos apanhar, e todas elas são perfeitas. É tudo uma questão de tempo e quem tem o melhor desempenho. ”

 

 

 

A declaração de Gabriel Medina:

“De momento, o nosso foco está 100% neste evento, que é o mais exclusivo de todas as etapas do CT. Assim que terminar, vamos para casa por algumas semanas, onde podemos começar a praticar e treinar exclusivamente para os Jogos Olímpicos.”

 

 

 

Foto:WSL

 

 

 

Kelly Slater está de volta ao CT

O 11x campeão mundial Kelly Slater regressa hoje ao CT após ter ficado de fora durante as quatro etapas da perna australiana devido a uma lesão. A compreensão incomparável de Slater de como a onda artificial funciona torna-o um competidor a ser observado este fim de semana.

 

 

 

Foto:WSL

 

 

 

Wildcards, atletas retirados e substituições

Kirra Pinkerton (EUA), campeã mundial júnior de 2018 e melhor surfista da América do Norte na Qualifying Series (QS), entrará na competição feminina como wildcard do evento.

Lakey Peterson (EUA) continua lesionada e Bronte Macaulay (AUS), Macy Callaghan (AUS) e Tyler Wright (AUS) retiraram-se do evento, pelo que as suas vagas serão preenchidas pela substituta da WSL, Amuro Tsuzuki (JPN), a atual nº 4 no ranking da Qualifying Series da América do Norte, Alyssa Spencer (EUA), a ex-surfista do CT e vencedora do Rumble at the Ranch, Coco Ho (HAW), e a atual nº 1 no ranking júnior da América do Norte, Caitlin Simmers (EUA).

Michael Dunphy (EUA) e o ex-surfista do CT Nat Young (EUA) são os wildcards para o evento masculino e estão atualmente em primeiro e segundo lugar, respectivamente, no ranking do QS da América do Norte.

John John Florence (HAW) e Kolohe Andino (EUA) permanecem fora da competição devido a lesões, além de Jordy Smith (ZAF) e Michel Bourez (FRA). Julian Wilson (AUS) e Jeremy Flores (FRA) também se retiraram do evento. As suas vagas serão preenchidas pelo substituto da WSL, Mikey Wright (AUS), o semifinalista do Rip Curl Rottnest Search, Liam O'Brien (AUS), o atual nº 4 no ranking do QS da América do Norte e ex-surfista do CT, Patrick Gudauskas (EUA), o atual campeão mundial Júnior, Lucas Vicente (BRA), o atual nº 1 do ranking do QS do Havaí, Eli Hanneman (HAW) e o melhor surfista do ranking Junior da América do Norte, Jabe Swierkocki (EUA).

 

 

 

Frederico Morais vai competir no Heat 4

Frederico Morais, o único surfista português no tour, irá competir hoje no 4º heat às 22:20 no horário de Portugal. No mesmo heat encontram-se o havaiano Eli Hanneman, o australiano Liam O'Brien, o italiano Leonardo Fioravanti e os brasileiros Peterson Crisanto e Filipe Toledo.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Formato do Evento

“Os eventos no Surf Ranch são únicos e de alta pressão, completamente diferentes do que os surfistas lidam quando estão no oceano”, disse a vice-presidente sénior de Tours da WSL e chefe de competição, Jessi Miley-Dyer. “Este ano teremos uma final individual para cada divisão, o que é muito emocionante e diferente dos eventos anteriores do Surf Ranch. Quem fizer a melhor esquerda e a melhor direita vence. ”

 

 

 

Tabela de classificação de qualificação - 1ª e 2ª rondas:

O seeding normal do evento determinará a ordem do surfista para as rondas de abertura para os 36 homens e 18 mulheres na competição. Os heats são compostos de seis pessoas, combinando duas sequências de duas ondas cada. A melhor pontuação para a esquerda e para a direita formam a pontuação total de cada surfista. Os dois melhores surfistas de cada heat, mais os próximos 12 homens e seis mulheres com melhor classificação na tabela de classificação ganharão uma corrida bónus de duas ondas extra. Esta é a única vez que as melhores pontuações de ondas anteriores podem ser transferidas.

 

 

 

Tabela de classificação de qualificação - corrida bónus:

A tabela de classificação determina a ordem dos surfistas para os 24 homens e 12 mulheres que recebem uma corrida de bónus. Os oito primeiros homens e quatro mulheres na classificação após a corrida de bónus avançarão para a semifinal.

 

 

 

Semifinais:

Os oito homens e mulheres vão surfar cada um quatro ondas em duas corridas. A melhor pontuação nas ondas para a esquerda e nas ondas para a direita na Semifinal formam a pontuação total de cada surfista. Os dois primeiros homens e mulheres na classificação avançam para a final.

 

 

 

Final:

Cada um dos quatro finalistas (dois homens e duas mulheres) vai surfar quatro ondas em duas corridas. A melhor pontuação nas ondas para a esquerda e nas ondas para a direita na Final é a pontuação total do surfista e o homem e a mulher com maior pontuação ganham o evento.

 

 

 

Actual top 5 feminino do CT:

1 - Carissa Moore (HAW) 36,055 pts

2 - Sally Fitzgibbons (AUS) 28,185 pts

3 - Tatiana Weston-Webb (BRA) 27,540 pts

4 - Tyler Wright (AUS) 26,050 pts

5 - Stephanie Gilmore (AUS) 24,645 pts

5 - Johanne Defay (FRA) 24,645 pts

 

 

 

Actual top 5 masculino do CT:

1 - Gabriel Medina (BRA) 38,920 pts

2 - Italo Ferreira (BRA) 30,325 pts

3 - Jordy Smith (ZAF) 22,505 pts

4 - Filipe Toledo (BRA) 22,065 pts

5 - Morgan Cibilic (AUS) 21,290 pts

 

 

Scroll To Top