Itens relacionados

quinta-feira, 08 abril 2021 07:53

Morgan Cibilic elimina John John Florence do Rip Curl Newcastle Cup

Contra todas as expectativas….

O Rip Curl Newcastle Cup, a segunda etapa do Championship Tour (CT), disse adeus a metade dos competidores masculinos ontem, com eliminações na Ronda de 32 em ondas com cerca de 1 metro. A maior surpresa do dia foi o rookie Morgan Cibilic (AUS), que eliminou o líder do ranking, John John Florence (HAW).

Morgan Cibilic (AUS) eliminou o bicampeão mundial John John Florence (HAW), na Ronda de 32. Após uma lesão no pé, pensou-se que Cibilic poderia vir a retirar-se do evento porque não conseguia andar mas para surpresa de todos, Cibilic lutou contra a dor da sua fratura no dedo do pé para marcar um total combinado  de 17,13 pontos (de um total de 20 possíveis) contra a pontuação combinada de 13,16 de Florence. O jovem de 21 anos avança para a Ronda de 16, onde enfrenta o compatriota Wade Carmichael.

 

 

Morgan Cibilic Foto:WSL/Dunbar

 

 

“Sinto que acabei de ganhar o evento”, disse Cibilic. “Estou tão feliz por o evento ter estado em pausa por alguns dias, porque eu não consegui surfar por quase quatro dias. Se tivesse havido campeonato ontem, não acho que teria sido capaz de competir. Eu ainda tinha muitos hematomas à volta do pé. Realmente acalmou durante a noite, então eu estava feliz por ir lá para fora esta manhã. Já surfei eventos com tímpanos estourados, lesões no joelho e agora um dedo do pé fraturado, parece funcionar para mim e manter-me assente.”

 

 

O bicampeão Gabriel Medina (BRA) teve uma vitória sólida no heat de abertura do dia, superando o colega Connor O’Leary (AUS). Medina parecia rápido e afiado no seu caminho para a vitória, dando crédito à sua abordagem atual ao seu novo técnico Andy King.

  

 

Gabriel Medina Foto:WSL/Dunbar

 

 

“Eu queria sair da minha zona de conforto”, disse Medina. “Queria tentar algo diferente porque estou a envelhecer. Eu sei que minha irmã está a chegar, sabes, o meu pai vai cuidar da minha irmã. Tenho quase a certeza de que ela estará aqui um dia e ele é a pessoa certa para fazer isso. Então, estou aqui a trabalhar com o Andy King. Ele está a dar-me confiança para fazer isso, ele é a pessoa que eu preciso ter comigo e o facto de ele ter esse conhecimento de ser goofy e experiência aqui é uma grande vantagem, por isso sinto-me bem. Ele também presta muita atenção às pranchas e manobras, o que é interessante e útil para mim. "

 

Adriano de Souza (BRA), disputou o seu 500ª heat no CT ontem , na Ronda de 32. O surfista brasileiro comemorou a façanha com uma vitória sobre Jeremy Flores (FRA) no heat 3 e agora avança para a Ronda de 16 onde vai competir com Julian Wilson (AUS). No ano passado, o ex-campeão mundial anunciou que 2021 será o seu último ano no CT antes de se retirar das competições a tempo inteiro.

 

 

Adriano de Souza Foto:WSL/Dunbar

 

 

“Entrei naquele heat tentando ficar o mais relaxado que pude”, disse Adriano De Souza. “Já não estou a lutar pelos meus pontos, apenas pelo meu melhor desempenho. As minhas primeiras rondas foram muito difíceis, então analisei-as pelo menos 20.000 vezes para entender onde errei. Na segunda ronda, senti-me mais preparado, mas nesta ronda senti-me totalmente preparado. Jeremy Flores é um grande competidor e ele realmente puxa por mim. Temos uma longa rivalidade, mas muito respeito um pelo outro. Espero poder manter estas performances nos próximos dias do evento. ”

 

O atual campeão mundial, Ítalo Ferreira (BRA), competiu com o wildcard do Merewether Surfboard Club, Jackson Baker (AUS). Ítalo derrotou o favorito local por apenas 1,60 pontos estendendo a sua liderança na sua última onda. O destaque brasileiro avança para a Ronda de 16, onde enfrenta o jovem californiano Griffin Colapinto (EUA).

 

 

Ítalo Ferreira Foto:WSL/Dunbar

 

 

Pela quarta vez em três eventos, Julian Wilson (AUS) enfrentou o rookie Jack Robinson (AUS). Com Robinson tendo já conseguido duas vitórias sobre Wilson, Wilson estava ansioso por conquistar a sua segunda vitória sobre o jovem. Foi um heat difícil até que Robinson bloqueou Wilson e foi penalizado com uma interferência, o que significa que perdeu a sua segunda pontuação, deixando Wilson progredir para a Ronda de 16.

 

 

Julian Wilson Foto: WSL/Dunbar

 

 

“Foi um bom heat”, disse Wilson. “Estou feliz em ver que Jack (Robinson) tem fogo para competir. Ele é muito talentoso e, obviamente, conseguiu uma vitória sobre mim em Pipe, o que me deixou muito chateado. Vim aqui e ganhei duas vezes, o que foi bom. Ele é um dos meus surfistas favoritos de assistir e teremos muitos mais heats juntos, mas ele tem que aprender a sair do caminho quando eu tiver prioridade. ”

 

O português Frederico Morais conquistou ontem uma vitória sobre o australiano Ace Buchan ao vencer o heat 2 da Ronda de 32.

Frederico começou bem o heat, posicionando-se melhor que o seu adversário e escolhendo uma onda do set que lhe valeu 6,17 pontos(que viria a ser a melhor onda do heat). Frederico abordou a onda de uma forma eficaz, fazendo diversas batidas com as quilhas a sair da onda e rodando o tail da sua prancha, Kikas mostrou um surf bastante mais forte que o seu adversário que apesar de estar sempre no seu encalço, acabou por não escolher as ondas maiores e por esse motivo ter sido ainda mais penalizado.

 

 

Frederico Morais

 

 

"Não havia muitas ondas e eu sabia que não estava a salvo, mas apesar de tudo tinha alguma vantagem de pontuação sobre o Ace... ele é um surfista excelente e muito inteligente e não comete erros. Lembro-me de um heat que tive com ele há uns anos atrás e foi uma troca de ondas e posição durante todo o heat. Sabia que este iria ser o mesmo e por isso eu também não podia errar"... Estou muito feliz por passar ao próximo heat, venha ele"... termina o surfista Português na sua entrevista ao webcast e agradecendo como sempre o suporte que tem vindo a ter do público Português e também Mundial.

 

O evento está agora em standby e tem nova chamada hoje às 21:45 (hora de Portugal).

 

Resultados da Ronda 32 Masculina do Rip Curl Newcastle Cup:

HEAT 1: Gabriel Medina (BRA) 12.16 DEF. Connor O'Leary (AUS) 9.60

HEAT 2: Frederico Morais (PRT) 12.10 DEF. Adrian Buchan (AUS) 11.20

HEAT 3: Adriano de Souza (BRA) 10.93 DEF. Jeremy Flores (FRA) 7.40

HEAT 4: Julian Wilson (AUS) 11.67 DEF. Jack Robinson (AUS) 4.00

HEAT 5: Morgan Cibilic (AUS) 17.13 DEF. John John Florence (HAW) 13.16

HEAT 6: Wade Carmichael (AUS) 12.17 DEF. Seth Moniz (HAW) 11.67

HEAT 7: Ryan Callinan (AUS) 11.40 DEF. Crosby Colapinto (USA) 11.06

HEAT 8: Owen Wright (AUS) 9.60 DEF. Miguel Pupo (BRA) 9.00

HEAT 9: Italo Ferreira (BRA) 12.80 DEF. Jackson Baker (AUS) 11.20

HEAT 10: Griffin Colapinto (USA) 11.43 DEF. Michel Bourez (FRA) 10.50

HEAT 11: Kanoa Igarashi (JPN) 10.83 DEF. Ethan Ewing (AUS) 8.50

HEAT 12: Deivid Silva (BRA) 10.50 DEF. Caio Ibelli (BRA) 8.74

HEAT 13: Jordy Smith (ZAF) 11.50 DEF. Alex Ribeiro (BRA) 10.40

HEAT 14: Conner Coffin (USA) 11.84 DEF. Peterson Crisanto (BRA) 11.37

HEAT 15: Yago Dora (BRA) 12.84 DEF. Jack Freestone (AUS) 10.83

HEAT 16: Filipe Toledo (BRA) 16.23 DEF. Leonardo Fioravanti (ITA) 12.56

 

Heats da Ronda de 16 Masculina do Rip Curl Newcastle Cup:

HEAT 1: Gabriel Medina (BRA) vs. Frederico Morais (PRT)

HEAT 2: Adriano de Souza (BRA) vs. Julian Wilson (AUS)

HEAT 3: Morgan Cibilic (AUS) vs. Wade Carmichael (AUS)

HEAT 4: Ryan Callinan (AUS) vs. Owen Wright (AUS)

HEAT 5: Italo Ferreira (BRA) vs. Griffin Colapinto (USA)

HEAT 6: Kanoa Igarashi (JPN) vs. Deivid Silva (BRA)

HEAT 7: Jordy Smith (ZAF) vs. Conner Coffin (USA)

HEAT 8: Yago Dora (BRA) vs. Filipe Toledo (BRA)

 

Quartos de final Femininos do Rip Curl Newcastle Cup:

HEAT 1: Stephanie Gilmore (AUS) vs. Isabella Nichols (AUS)

HEAT 2: Keely Andrew (AUS) vs. Courtney Conlogue (USA)

HEAT 3: Carissa Moore (HAW) vs. Johanne Defay (FRA)

HEAT 4: Bronte Macaulay (AUS) vs. Caroline Marks (USA)

 

 


Perfil em destaque

Scroll To Top