Itens relacionados

quarta-feira, 31 março 2021 07:54

Rip Curl Newcastle Cup arranca já amanhã na Austrália

Hoje às 20:30 no horário de Portugal...

 

O Championship Tour (CT) 2021 está prestes a retomar a ação em Newcastle, icónica cidade do surf na Austrália, no Rip Curl Newcastle Cup. O evento está programado para começar amanhã de manhã (quinta, dia 1 de abril) em Merewether (às 20:30 de hoje, 31 de março, no horário de Portugal) e será o primeiro de quatro eventos  do CT a ser realizado na Austrália nos próximos dois meses.

Segundo as previsões a competição poderá arrancar já no primeiro dia da janela de espera, (quinta, dia 1 de abril) esperando-se ondas entre 1 metro a 1,5 metros durante a tarde. Sexta feira o swell tende a perder força sendo as condições mais favoráveis durante a manhã. Sábado é esperado um swell menor mas ainda surfavel, pelo que é provável vermos a competição decorrer nestes dias.

 

 

 

 

Esta será a primeira vez que pontos do título mundial serão oferecidos em Newcastle por quase três décadas, com alguns competidores do CT nunca tendo surfado aqui antes. O atual líder do ranking e bicampeão mundial, John John Florence (HAW), está em Newcastle pela primeira vez a preparar-se para uma grande perna australiana enquanto busca o seu terceiro título.

 

“É ótimo estar numa sociedade que está perto de estar livre de COVID-19”, disse Florence. “Eu definitivamente sinto-me pronto e animado para começar a competir novamente amanhã, e com quatro eventos nos próximos dois meses, é realmente reconfortante para esta temporada  do Tour. Com as Olimpíadas também, este ano ter estes eventos a funcionar é a melhor forma de me preparar para as Olimpíadas. Estou aqui a competir contra os melhores surfistas do mundo e essa é a preparação ideal. ”

 

A duas vezes campeã mundial, Tyler Wright (AUS) chega a Newcastle como líder do ranking feminino e busca manter essa posição quando a competição culminar nas próximas duas semanas. Tendo no passado chegado à final de eventos da Qualifying Series em Newcastle, Wright está animada para enfrentar o novo local de provas do circuito mundial para o evento de abertura da perna australiana do CT.

 

 

Tyler Wright Foto: WSL

 

 

“Começar a nossa temporada de 2021 aqui em Newcastle e realizar quatro eventos consecutivos na Austrália parece ser a decisão certa e lógica para o nosso desporto", disse Tyler Wright. “Estes novos locais também são empolgantes para nós e Newcastle tem sido uma experiência de boas-vindas realmente agradável. ”

 

A quatro vezes campeã mundial, Carissa Moore (HAW), está pronta para um massivo 2021, com os olhos não apenas no quinto título, mas também no ouro olímpico, quando o surf fizer a sua estreia olímpica em Tóquio este verão. Um resultado para aumentar a confiança é o que Moore está à procura em Newcastle, mas a surfista terá um início difícil de campanha, enfrentando Sage Erickson (EUA) e a wildcard local Philippa Anderson (AUS) no seu heat na ronda de abertura.

 

 Carissa Moore Foto: WSL

 

 

“Eu adoro estar na Austrália”, disse Moore. “14 dias de quarentena foi difícil, mas agora fomos autorizados a sair para o que é uma sociedade muito mais normal sem COVID-19 e é muito bom. Estou super entusiasmada por competir novamente. Perdemos ímpeto no ano passado, mas agora, com quatro eventos pela frente, estamos todos muito animados, um pouco nervosos com certeza, mas animados também. ”

Outro detentor do título mundial que terá a tarefa de enfrentar um wildcard local é o atual campeão mundial, Ítalo Ferreira (BRA), que enfrenta o destaque de Merewether, Jackson Baker (AUS) e o Rookie do CT 2021, Jack Robinson (AUS) no Heat 6 da ronda de abertura.

 

 Italo Ferreira Foto: WSL

 

 

Por sua vez Frederico Morais irá competir no 4º heat da ronda. O atleta português viu a organização do evento fazer algumas alterações aos heats e consequentemente aos seus adversários e irá agora enfrentar o australiano Matt Banting e o sul africano Jordy Smith.

 

 


Perfil em destaque

Scroll To Top