Jordy Smith fala sobre o peso das expectativas ao competir no tour mundial

Em busca do título de campeão...

Competir ao mais alto nível ao lado da elite mundial é o sonho para muitos surfistas.

Jordy Smith é um dos atletas que o faz desde 2008.

Aos 33 anos de idade, o surfista sul-africano já tem uma longa carreira competitiva.

Com apenas 15 anos, Jordy ganhou o ISA Quicksilver World Surfing Championship e quatro anos depois venceu o Circuito de Qualificação Mundial garantindo uma vaga no Championship Tour (CT) com os melhores surfistas do mundo.

Jordy foi Rookie of the Year no seu ano de estreia no CT e esteve perto de conquistar o título mundial por duas vezes, em 2010, quando ficou em segundo lugar atrás de Kelly Slater, e em 2016, ano em que perdeu o título para o havaiano John John Florence.

O atleta, que se encontra na Austrália para competir nas próximas 4 etapas do tour, esteve, tal como os seus colegas do tour não residentes no país, de quarentena num hotel em Sydney.

O atleta aproveitou os 14 dias de isolamento para passar tempo com a sua família, que o acompanhou na viagem, e também para falar com Dave Prodan no podcast “The Lineup”.

Ao longo de 1h, o surfista, que irá representar a África do Sul nos Jogos Olímpicos de Tóquio, falou sobre a máquina do surf profissional, como foi sobreviver aos holofotes colocados sobre si quando jovem nunca desmoronando sob o peso das expectativas e ainda analisa o trabalho obsessivo e o regime de treino intenso que a sua busca pelo título mundial envolve.

 


Perfil em destaque

Scroll To Top