Itens relacionados

quinta-feira, 24 dezembro 2020 09:08

FELIPE CESARANO PERDE PATROCINADOR APÓS CAUSAR ACIDENTE QUE FEZ UMA VÍTIMA MORTAL

No Rio de Janeiro...

Na passada semana, o big rider brasileiro Felipe “Gordo” Cesarano envolveu-se num acidente de carro na Autoestrada Lagoa-Barra, no Rio de Janeiro, Brasil, que causou uma vítima mortal e um ferido ligeiro.

Segundo a imprensa local, Felipe Cesarano encontrava-se embriagado no momento do acidente e perdeu o controlo da sua viatura invadindo a faixa contrária onde embateu de frente com o carro onde seguia Diogo da Silva, um militar de 36 anos que morreu no local.

O big rider ficou detido por um dia, mas teve liberdade provisória concedida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

“Gordo” enfrenta agora uma acusação de homicídio culposo de trânsito (homicídio involuntário) e está proibido de conduzir, frequentar casas noturnas, bares e quaisquer locais onde sejam vendidas bebidas alcoólicas para consumo imediato.

Uma semana após o acidente, a Rusty, marca que patrocinava o big rider há mais de 10 anos, anunciou que encerrou o seu contrato de patrocínio.

“Em reunião realizada, foi decidido que devido aos acontecimentos recentes, a Rusty está encerrando o contrato de patrocínio com Felipe Cesarano”- escreveu a marca num comunicado oficial.

Felipe Cesarano era frequentemente visto na Praia do Norte e foi um dos participantes no evento Nazaré Tow Surfing Challenge, na Nazaré, em fevereiro.

Perfil em destaque

Scroll To Top