sexta-feira, 20 novembro 2020 10:01

DISCÓRDIA SOBRE A PRESENÇA DE ARMAZÉM DA J.S. INDUSTRIES EM OCEANSIDE CONTINUA

Na Califórnia...

A presença do armazém da J.S. Industries está a causar discórdia na comunidade do surf em Oceanside, Califórnia.

A marca australiana de pranchas de surf é uma das mais respeitadas a nível mundial, mas a sua entrada em território americano não está a ser bem recebida por todos e a prova disso são as palavras de ódio grafitadas nas paredes pretas do armazém em Oceanside na semana passada, juntamente com a criação de uma t-shirt  com o Logotipo da J.S. industries que diz "Construído para a ganância... Apenas indústria de merda."

 

 

“É como gafanhotos a abaterem-se sobre nós”, disse o proprietário de uma loja de surf local ao The San Diego Reader. “É como se eles tivessem um plano de terra arrasada enquanto nos atiram para fora do país. Fazemos mais pranchas aqui em Oceanside do que em qualquer outra cidade dos Estados Unidos. Eles estão a entrar e receber dinheiro de todos, de retalhistas a construtores de pranchas e todos os intermediários ”.

O facto das pranchas serem importadas da Austrália e da Tailândia em vez de serem produzidas nos Estados Unidos é um dos fatores apontados pelo lojista, que refere que a presença do armazém pode impactar as lojas de surf locais.

Por sua vez, Heath Walker, presidente das operações da J.S. Industries nos Estados Unidos, diz que a marca tentou fazer pranchas no país.

“Tentamos fazer isso internamente uma vez, mas não funcionou para a nossa marca”. - disse Heath Walker, referindo que gostaria de convencer o escritório central de que deveria tentar novamente.

“Estou a pressionar para que isso aconteça, mas por respeito por todos os anos que Jason Stevenson dedicou à marca, os nossos protótipos teriam que ser perfeitos. É como fazer um Mercedes Benz nos EUA. Tem que ter a mesma qualidade ou não vale a pena. ”

Embora a marca possa ter de esperar até conquistar o respeito de toda a comunidade do surf em Oceanside, nem todos vêm com maus olhos a sua presença, como mostra o shaper Gary Linden.

“Estou bem com isso” - disse Linden sobre a nova competição.

“Se queres uma prancha estrangeira feita lá fora ou uma prancha feita à mão localmente, agora tens uma escolha.” - disse Linden.

“Ninguém está a sofrer. Não vejo por que alguém deveria reclamar. Como tudo, não é correto culpar o fornecedor. É como as drogas ou qualquer outra coisa, deves olhar sempre para o consumidor. Ninguém está a forçar nada na garganta de ninguém. Mandei-lhes uma mensagem e disse ‘Vamos colaborar ’”.

Quem sabe se a marca não aceitará a proposta, afinal Heath Walker referiu que a J.S Industries quer apoiar todas as empresas locais.

“Eu surfo em Carlsbad ou Oceanside todos os dias. Dá-me muita alegria estar aqui. Eu quero retribuir a este lugar. ” - disse Heath Walker.

 

Perfil em destaque

Scroll To Top