Itens relacionados

sexta, 03 julho 2020 13:53

SURF WEB SERIES MOSTRA-NOS UM NOVO FORMATO COMPETITIVO

Como resposta aos desafios que o surf competitivo está a enfrentar...

O mundo do surf competitivo está a passar por um enorme desafio devido à pandemia de covid que tem impedido a realização da maior parte das competições mundiais.

Desde que a World Surf League se viu obrigada a cancelar e adiar as etapas do tour mundial, muitos têm sido os cenários propostos pela comunidade de surf.

Enquanto ainda tudo está em suspenso no que diz respeito aos tours da WSL este ano,  Gustavo Duccini, um promotor do surf em Oxaca que ajudou a organizar vários eventos no México, como o Puerto Escondido Challenge de 2016-2017 e o Puerto Escondido Cup de 2018-2019, criou um novo formato competitivo - o The Surf Web Series.

O The Surf Web Series é uma liga internacional de surf online que realiza competições de surf online nos quais os surfistas podem participar enviando os seus videoclipes.

O inovador formato já arrancou, com a sua primeira competição de surf no México já concluída e que viu que ser coroado vencedor o surfista Jafet Ramos sobre Kevin Meza na final.

 

 

 

 

O formato competitivo é simples e permite que cada competidor selecione os seus melhores videoclipes para usar no seu respectivo arsenal competitivo.

Os surfistas interessados precisam entrar pelos canais do evento, que serão anunciados em breve. A partir dessas entradas, haverá uma seleção de 32 surfistas por um júri. Cada país terá um júri. Os 32 surfistas competirão online, entrando uma onda filmada para cada heat.

As ondas elegíveis para o Chile serão as ondas de free surf filmadas no Chile entre Março de 2019 e Março de 2020. Surfistas chilenos, ondas chilenas.

Na África do Sul, as filmagens podem ser qualquer onda de free surf filmada na África do Sul entre 25 de março de 2019 e 25 de março de 2020, um dia antes da primeira data de bloqueio. Surfistas sul-africanos, ondas sul-africanas.

O formato do concurso pode ser visualizado e analisado na conta do Instagram @surfopenleague, e as partes interessadas podem acompanhar como esse evento de surf foi realizado até à final.

Os juízes são uma mistura de juízes locais, juízes internacionais, juiz principal e voto do público.

Mais detalhes sobre as séries Big Wave Web, Longboard Web Series e Bodyboard Web Series, serão brevemente anunciados, além de informações sobre as divisões femininas.

As datas dos restantes eventos do Performance Surf Web Series ainda não foram confirmadas.

 

Chile: Julho 2020

África do Sul: Julho 2020

Costa Rica: a anunciar

Brasil: a anunciar

Japão: a anunciar

EUA: a anunciar

Havai: a anunciar

Final Global: Dezembro, datas exatas a anunciar.

 

O novo formato competitivo permite que novos talentos do surf tenham a possibilidade de competir e ter exposição nos meios de comunicação social do surf, enquanto oferece aos conselhos de turismo de todo o mundo a oportunidade de incentivar o turismo de surf.

 

Perfil em destaque

Scroll To Top