Itens relacionados

terça-feira, 28 abril 2020 09:10

PROTESTO CONTRA A DATA E CONDIÇÕES DE ACESSO ÀS PRAIA EM ENCINITAS LEVA A TRÊS DETENÇÕES

Na cidade californiana...

 

Após terem visto as suas praias encerradas durante várias semanas, os surfistas do condado de San Diego, Califórnia, viram as autoridades anunciar a reabertura das suas praias para a a prática de exercício físico, não sendo permitida a permanência na praia por longos períodos de tempo.

Após o anuncio, e uma vez que cabe a cada cidade definir a data de abertura e condições de acesso às suas praias, o mayor da cidade de Encinitas definiu a passada segunda-feira como a data de abertura das praias da cidade, mas nem todos viram a decisão com bons olhos.

O facto da praia só abrir esta segunda feira e não ser permitido permanecer na areia para apanhar sol ou conviver, não agradou a um grupo de 50 pessoas que se juntou em Moonlight Beach no sábado passado para protestar a decisão.

 

 

O protesto terminou em três detenções por desobediência às ordens de saúde pública.

 

 

"Não me interessa que eles abram (as praias) na segunda-feira, eles ainda estão a colocar todas essas restrições e regras sobre como podemos usá-las", disse Crista Curtis, organizadora do protesto. "Todos temos que apanhar esse vírus de uma maneira ou de outra, não preciso de continuar a andar, devo poder deitar-me na minha toalha com meus amigos e minha família e aproveitar a praia", continuou.

A policia deixou os protestantes, que pertencem ao grupo de facebook “Surfs Up Shred The Tidal Wave Of Tyranny”, gritarem frases de protesto enquanto agitavam os seus cartazes com frases como “Liberdade acima do medo” e “Apenas cooks encerram praias”, mas quando alguns membros decidiram sentar-se na areia recusando-se a sair acabaram por ser detidos por violação das ordens de saúde pública.


Perfil em destaque

Scroll To Top