Pipeline a quebrar no segundo recife. Click - surfing-waves.com Pipeline a quebrar no segundo recife. Click - surfing-waves.com

Itens relacionados

quarta, 18 dezembro 2019 05:43

"A ONDA DE PIPELINE JÁ NÃO É O QUE ERA" - QUAL É OU QUAIS SÃO AS CAUSAS?

Quem o diz é o Havaiano Liam Mcnamara...

Após as previsões favoráveis para o reinicio do Billabong Pipe Masters 2019, a ultima etapa do Circuito Mundial de Elite da WSL, que está a decorrer naquela que é considerada a onda mais famosa do Mundo,  Pipeline, no North Shore da Ilha de Oahu no Hawaii, a competição acabou por não acontecer devido à qualidade das ondas não estar ao nível daquilo que a organização e surfistas pretendem. Para mais porque há também um título Mundial em disputa.

Como podemos ver no vídeo imediatamente abaixo protagonizado por Pat O'Conell e no enquadramento em que a WSL não pode avançar com a prova devido às ondas em Pipeline estarem a fechar muito isto porque as areias não estavam na posição certa conforme o previsto. O surfista de ondas grandes e local do North Shore Liam Mcnamara queixou-se publicamente que Pipeline já não é o que era.

 

 

"Durante os anos 60, 70, 80 e 90 e no início de 2000, Pipeline era uma onda melhor! Quebrava perfeita mais vezes! Ondas com um alinhamento perfeito a partir do 2º recife (outside reef) e mais consistentes!As ondulações chegavam perfeitas ano após ano, permitindo que os surfistas daquelas décadas fizessem tubos épicos !

Mas nos últimos 15 anos ou um pouco mais, não consigo contar mais de 10 ondulações boas, quero dizer, Pipeline a quebrar perfeito todos os dias! Naquela altura tínhamos pelo menos de 10 a 20 ondulações incríveis por ano!" afirma Liam Mcnamara na sua página do facebook.

 

Liam aponta duas causas principais para este acontecimento:


"Aqui está um fato real: Quando as casa de Gerry Lopez e Herbie Fletcher, foi vendida, tudo ficou diferente pois o novo proprietário moveu uma tonelada de areia e pedregulhos enormes, construiu escadas e gasodutos e alterou para pior os fundos de Pipeline para sempre! A praia nunca se recuperou e também agora com o aquecimento global e a diminuição das ondulações de Oeste a onda de Pipeline que todos conhecíamos e amamos nunca mais foi a mesma!

Sim Pipeline é pipeline e ainda é a onda mais pesada e a onda mais conhecida, mas não é a mesma e nunca será a mesma!. Triste, mas verdadeiro". Termina Liam Mcnamara.

 

Certo ou não a verdade é que quem sente mais estas mudanças são os surfistas locais que diariamente convivem nos respectivos spots de surf. 

 

No vídeo abaixo podemos ver um clip da onda de Pipeline na década de 60 com alguns dos surfistas da altura a enfrentar um swell épico que quebrava no segundo reef de Pipeline.

 

 

 

Perfil em destaque

Scroll To Top