Itens relacionados

segunda, 16 dezembro 2019 09:50

JAMIE MITCHELL DESCREVE O SEU WIPE OUT EM JAWS COMO O PIOR DE SEMPRE

Uma grande afirmação para o veterano australiano...

O Jaws Big Wave Championships 2019, que teve lugar em Pe'ahi, Maui, Havai, na passada quinta-feira, é um dos eventos de ondas grandes que nos faz ficar pesos ao ecrã a ver a elite mundial de ondas grandes desafiar a natureza em condições pesadas como as de Jaws, mas por trás da beleza de ver os atletas a superarem os seus limites e surfarem as indomáveis ondas há a verdade sobre os violentos wipeouts que os surfistas sofrem nestas condições.

O big rider português João de Macedo, que entrou no heat 4 da ronda 1 do evento, foi um dos competidores que proporcionou momentos de tensão com um dos wipeouts mais espetaculares do campeonato.

João de Macedo durante a sua queda. Click / WSL

 

 

Já o australiano Jamie Mitchell, um veterano com uma vasta experiência a surfar ondas grandes, sofreu um wipeout que descreveu como um dos piores que já sofreu.  ( Ver no video abaixo aos 07 segundos )

“Esta foto não é como eu imaginava o meu dia. Eu estava 100% pronto e realmente pensei que hoje seria especial para mim. Mas a mãe natureza tinha outras ideias. Vou dizer que hoje foi o meu pior golpe de todos os tempos. Eu bati tão forte quando caí, não tenho certeza se desmaiei ou não, mas lembro-me de ter sido sugado, então fui instantaneamente ao fundo e fiquei preso nas pedras de costas. Havia tanta intensidade lá em baixo, que eu nem sei como explicar, mas graças a Deus finalmente me soltei e vim à superfície com um segundo de sobra antes que o próximo me derrubasse.”, escreveu o big rider na sua página de instagram.

“Tentei voltar ao heat, mas a verdade é que era apenas um passageiro, como viste quando caí na minha segunda onda, que eu deveria ter feito. Mas não consegui ver bem e meu equilíbrio estava mau. Então não é o dia que eu queria, mas a merda acontece. ”

Os big riders mundiais estão constantemente a desafiar os limites do surf, mas na busca de surfar as maiores ondas do globo correm grandes riscos e o relato de Jamie Mitchell mostra-o sem filtros.

 

Perfil em destaque

Scroll To Top