quarta-feira, 23 outubro 2019 09:08

CAIO IBELLI ESCLARECE A SUA POSIÇÃO SOBRE O POLÉMICO HEAT COM MEDINA

No Meo Rip Cur Pro Portugal...

O heat 5 da ronda 4 do Meo Rip Curl Pro Portugal realizado no Domingo na Praia de Supertubos e que contou com os surfistas brasileiros Gabriel Medina, candidato ao Título Mundial de Surf 2019, e Caio Ibelli tem dado que falar em todo o mundo devido à interferência de Medina sobre Ibelli quando ambos remaram para a mesma onda, levando a que Medina perdesse a pontuação total da sua segunda melhor onda e consequentemente sido eliminado da competição.

Desde o final do heat, Medina tentou que o mesmo fosse repetido tendo inclusive publicado um post no instagram a explicar o que aconteceu durante o heat aos seus milhares de fãs.

Desde então, Caio Ibelli, que apenas se limitou a entrar na onda quando a prioridade estava do seu lado segundo o juiz de prioridade, foi bombardeado de mensagens negativas na sua conta de instagram questionando a sua integridade e valor, o que levou a que Jadson André chamasse os fãs brasileiros à razão num post publicado na sua conta de instagram.

Desde o inicio da polémica, Ibelli não fez nenhuma declaração sobre o sucedido tendo esperado pela decisão da World Surf League (WSL) sobre o assunto tendo a mesma sido anunciada segunda-feira num comunicado feito por Renato Hickel, tour manager da WSL, negando a possibilidade de repetição do heat como Medina pediu.

Ontem, pela primeira vez, Ibelli esclareceu a sua posição na sua conta de instagram, onde podemos ler o quanto o heat realizado em Peniche tem impactado estes seus últimos dias.

“ Fala Pessoal, Primeiramente, muito obrigado pelas mensagens de apoio! Hoje acordei de manhã e, graças a Deus, meu inbox estava muito diferente de quando fui dormir. Estava transbordando de mensagens boas. O que aconteceu na nossa bateria não foi legal nem pra mim que passei. Saí da bateria totalmente quieto, semblante fechado, respeitando o Medina, o time dele e a situação. Eu e minha família ficamos sem dormir e foram tristes os ataques que recebemos durante esse tempo, muitas vezes por pessoas que não surfam ou são fãs do esporte (desporto). Recebemos todos tipos de mensagens. Foi muito triste ver minha mãe daquela maneira lendo os comentários sobre o filho. Graças a Deus, está tudo mudando e as mensagens boas estão vindo. Em momento algum quis causar interferência ou tentar prejudicar o meu adversário. Só segui o que o juiz e a placa me mostravam e naquele momento estava tentando reverter a situação com o meu surf. A WSL postou a versão oficial do porquê a decisão foi mantida e está lá para quem quiser ver ou tem dúvidas. Eu só sou um surfista profissional fazendo o que mais amo na vida e estarei na terceira bateria das quartas-de-finais tentando o meu melhor para ir longe nesse evento. Obrigado a todos pelo carinho.”


Perfil em destaque

Scroll To Top