ActivoBank
sexta, 13 setembro 2019 16:07

FREDERICO MORAIS TROCA FRESHWATER PRO PELO QS6.000 NOS AÇORES

Ficando de fora da 8ª etapa do evento masculino do Championship Tour (CT)...

Já são conhecidos os wildcard do Freshwater Pro, a única etapa do Championship Tour (CT) que põe os atletas de elite a competir em ondas artificiais no mítico Surf Ranch, a piscina de ondas de Kelly Slater em Lemoore, Califórnia.

Frederico Morais competiu nas etapas do Margaret River Pro, do Oi Rio Pro e do Corona Open J-Bay como substituto de Mikey Wright, e no Tahiti Pro Teahupo'o como substituto de Leonardo Fioravanti, mas optou por não competir na etapa do Surf Ranch para participar no Azores Airlines Pro, uma etapa do QS6.000 que decorrerá de 17 a 22 de Setembro, ficando assim de fora do evento.

 

Algumas das atletas que competiram nos Trials no Surf Ranch Foto: © WSL / Lawrence

No início desta semana, sete das melhores surfistas norte-americanas competiram no Surf Ranch para lutar pelo wildcard feminino da Rising Tides. A surfista havaiana Gabriela Bryan conquistou a vitória após as suas ondas terem sido pontuadas pelo juiz principal associado da World Surf League (WSL), Luli Pereira e as juízes convidadas Lisa Andersen e Shane Beschen. Bryan, de 17 anos, é a campeã regional do QS e campeã júnior regional do Havai de 2018. Os Trials marcaram a primeira vez que Bryan surfou nas instalações do Surf Ranch e agora o Freshwater Pro será a primeira vez que a surfista havaiana competirá num evento do Championship Tour.

Já o californiano Kade Matson foi selecionado como wildcard do evento pela WSL com base no seu ranking, sendo o atual número 1 na Divisão Júnior da América do Norte, e após a sua vitória no evento Vans US Open of Surfing Pro Junior de 2019.

 

Kade Matson Foto: WSL / Morris

Crosby Colapinto, irmão do atleta do CT Griffin Colapinto, também fará a sua estreia no CT no Freshwater Pro. O surfista californiano foi selecionado pela WSL pelo seu segundo lugar na divisão Júnior da América do Norte e por ser o campeão júnior da América do Norte de 2019 (divisão sub-18).

 

Crosby Colapinto Foto: © WSL / Wilson

Os jovens competidores representam a próxima geração de surfistas progressivos e têm a oportunidade de mostrar os seus talentos no palco principal do surf.

Já o brasileiro Caio Ibelli continuará a substituir John John Florence, o havaiano Barron Mamiya, que atualmente ocupa o nono lugar no ranking do QS, substituirá Mikey Wright enquanto o surfista brasileiro Mateus Herdy, atual campeão mundial júnior, substituirá Leonardo Fioravanti.

No evento feminino a australiana Keely Andrew substituirá a bicampeã mundial Tyler Wright.

Com o seu formato único, os surfistas de elite mundiais serão submetidos a um verdadeiro teste de pressão na corrida final ao título mundial, requalificação para o CT e qualificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, todos em jogo no Surf Ranch em Lemoore, Califórnia.

O Freshwater Pro começará já na próxima quinta-feira, 19 de Setembro e decorrerá até sábado, 21 de Setembro.

Perfil em destaque

Scroll To Top