banner topf
O momento dramático da lesão em Supertubos. O momento dramático da lesão em Supertubos. Foto: WSL

Itens relacionados

terça, 23 outubro 2018 08:20

Lesão de Mineirinho é mais grave do que se pensava

Brasileiro atualizou os fãs pelas redes sociais… 

 

Se bem se recordam, na semana passada, à entrada (na água) para mais uma bateria do MEO Rip Curl Portugal, Adriano de Souza teve uma das lesões mais estranhas e caricatas do surf profissional, mas também carregada de muito dramatismo obrigando mesmo o campeão mundial de 2015 a ser carregado em braços. 

 

Agora, através das redes sociais, Mineirinho veio informar os fãs e confirmar o que já se temia: a lesão é mais grave do que se suspeitava, sendo este forçado a falhar a última etapa no Havai e a um período de recuperação de 6 meses. 

 

“Fala galera, acabei de sair do médico e, infelizmente, a lesão é pior do que imaginava. Os exames parciais indicaram um estiramento parcial do ligamento colateral medial com ruptura do cruzado e isso vai exigir um período de recuperação de seis meses. Mas sendo assim, já estarei firme e forte para a primeira etapa do WCT de 2019. Tenho fé, vou dar o máximo de mim e vai dar tudo certo. Novamente queria agradecer a todos pelas inúmeras mensagens que venho recebendo diariamente! Muito obrigado!”, escreveu o atleta de 31 anos. 

 

Adriano de Souza, que entrou no WCT em 2006 e desde então tem sido fonte de inspiração para muitos, encontra-se em 17.º lugar do ranking e promete voltar mais forte do que nunca, deixando ainda na sua mensagem a seguinte frase: 

 

“Não importa se o desafio é forte, grande ou difícil demais, porque a determinação de vencer supera qualquer coisa!” 

 

Ficam os votos de uma recuperação rápida! 

#ForçaAdriano

Perfil em destaque

Scroll To Top